Um abscesso dentário é um conjunto de pus que se forma nos dentes como resultado de uma infecção bacteriana. O principal sintoma de um abscesso dentário é uma grave e latejante dor no local do abscesso. A dor geralmente vem de repente e, em seguida, gradualmente vai ficando pior durante algumas horas ou alguns dias.

Tipos e Causas

Existem dois tipos de abscessos dentários:

  • Abscesso periapical – onde as bactérias infetam o interior do dente (este é o tipo mais comum de abscesso dentário);
  • Abscesso periodontal – onde as bactérias infetam as gengivas.

Ambos os tipos são causados quando as bactérias se acumulam dentro da boca. Isto ocorre geralmente devido a uma combinação de:

  • Falta de higiene oral – não lavar e escovar os dentes e gengivas corretamente e regularmente;
  • Consumir muitos alimentos e bebidas com açúcar ou amido – os carboidratos (hidratos de carbono) existentes nesses tipos de alimentos e bebidas encorajaram ao desenvolvimento de bactérias.

Diagnóstico

Se pensa que poderá ter um abscesso no dente, deve consultar um dentista o mais rápido possível. O dentista irá realizar alguns exames para determinar se os seus sintomas estão a ser causados ​​por um abscesso ou não. Por exemplo, o dentista pode:

  • Tocar no dente afetado ou área da gengiva – se estiver presente uma infecção, o dente ou a gengiva será sensível a qualquer pressão ou toque;
  • Examinar as gengivas;
  • Fazer um raio-X da área afetada para ajudar a avaliar a propagação da infecção;

Em alguns casos, o dentista poderá ser capaz de confirmar o diagnóstico apenas questionando-lhe sobre os sintomas.

Referência:

O dentista pode ter de encaminhá-lo para tratamento em hospital, caso o paciente tenha um abscesso dentário e:

  • Estiver a uma alta temperatura (febre), pulsação rápida, pressão arterial baixa (hipotensão) e respiração rápida;
  • Está com dores severas, apesar de tomar analgésicos;
  • Tenha uma infecção facial a espalhar-se pelo rosto;
  • Tenha um sistema imunitário enfraquecido (por exemplo, porque está a realizar um tratamento como a quimioterapia).

Tratamento

Se acha que é portador de um abscesso dentário, então deverá marcar uma consulta com um dentista o mais rápido possível. Existe muito pouco que o seu médico possa fazer, além de recomendar analgésicos, como o ibuprofeno ou paracetamol, para ajudar a aliviar a dor. Medicamentos estes que podem ser obtidos na sua farmácia local.

O dentista irá drenar o pus (secreção) existente no abscesso e, se necessário, remover quaisquer dentes que tenham sido danificados pela infecção.

Este tipo de tratamento não é muito doloroso porque certamente, o dentista anestesia o local da infecção. Ao contrário de alguns outros tipos de infecção, os abscessos dentários não melhoram por conta própria e devem ser tratados por um dentista. Com o tratamento apropriado, a infecção bacteriana que provocou o abscesso no dente é geralmente curada com sucesso.

Leia mais sobre o tratamento para abscesso dentário.

Complicações

É raro que ocorram complicações como resultado de um abscesso dentário, mas estas podem ser bastante graves se vierem a ocorrer. Por exemplo, a infecção pode acabar por se estender para outros locais, incluindo ossos. .

Quem está em risco

Os abscessos dentários são bastante comuns em adultos. São mais raros em crianças porque os abscessos não se costumam desenvolver até os dentes estarem completamente desenvolvidos. Um estudo realizado nos Estados Unidos revelou que, em média, uma em cada oito pessoas procuram tratamento para este problema, num período de 2 em dois anos.