Alergia em Crianças

As alergias são uma reação do sistema imunitário quando está exposto a algum elemento alergénico.

As crianças têm sempre mais probabilidades de desenvolver alergias do que os adultos, pois o seu sistema imunitário ainda está em desenvolvimento e pode reagir de uma forma adversa a vários elementos.

As alergias em crianças também têm uma tendência hereditária, ou seja, se um dos pais ou ambos sofrem de alergias frequentes, então o seu filho corre mais riscos de desenvolver alergia do que outra criança da mesma idade.

Contudo, é preciso notar que os filhos não são necessariamente alérgicos às mesmas substâncias que os seus pais.

As alergias alimentares são das mais frequentes e difíceis de detetar em crianças pequenas e este facto justifica-se com a imaturidade do sistema digestivo.

Alergias a leite, ovos e/ou trigo são relativamente comuns até aos 6 anos de idade, mas após esta idade é normal que a alergia desapareça.

Existem, no entanto, outras alergias alimentares que são permanentes, como é o caso do peixe, marisco e alguns frutos secos.

Sintomas das alergias em crianças

Os sintomas das alergias em crianças podem variar um pouco, mas há alguns sintomas que caso sejam persistentes não devem ser ignorados.

Os bebés e crianças que tenham sintomas como uma comichão constante no nariz e/ou erupções na pele de tom avermelhada e acompanhadas por inchaço, devem ser vistas pelo pediatra.

Os outros sintomas de alergias em crianças são mais alarmantes para os pais, podendo apresentar dificuldades em respirar e/ou inchaço dos lábios e língua (por vezes a língua incha tanto que não cabe na boca e dificulta a respiração adequada), diarreia, gases e cólicas frequentes.

Como identificar alergias em crianças

A melhor forma de identificar as alergias em crianças é através da observação da criança quando é exposta à substância alergénica.

Os testes das alergias não são aconselháveis até aos 5 anos de idade, pelo que os pediatras optam por abordagens diferentes para identificar as potenciais alergias das crianças.

Por vezes, é pedido aos pais que façam um diário da alimentação e atividades da criança durante alguns dias, para tentar estabelecer uma relação entre os sintomas de alergias e potenciais agentes que estão a provocar a alergia.

Como tratar as alergias em crianças

O melhor tratamento para as alergias em crianças (ou em adultos) é evitar o contato com o agente que provoca a alergia.

No caso de haver um contato com o agente agressor, podem ser administrados medicamentos anti-histamínicos que o pediatra tenha aconselhado.

Sempre que surgir uma reação alérgica agressiva em crianças, que possa impedir a capacidade respiratória, elas devem ser encaminhadas de imediato para um hospital.