Anti-Inflamatórios – Como Funcionam, Ação e Efeitos Colaterais

Um dos medicamentos mais utilizados em todo o mundo são os anti-inflamatórios não esteroides. Existe uma grande quantidade de marcas, e mais de 20 fármacos diferentes usados. Apesar das diferenças entre cada um delas, na realidade todas têm algumas características comuns. Assim, todos os anti-inflamatórios têm uma ação anti-inflamatória (controlam a inflamação), antipirética (diminuem a febre), e analgésica (ajudam a reduzir a dor).

ibuprofeno

As principais diferenças entre cada um dos fármacos utilizados estão principalmente relacionados com o poder de cada uma delas em cada efeito, mas também, nos efeitos colaterais que originam. Neste artigo iremos explicar como é que os anti-inflamatórios funcionam, e ainda, abordar quais os riscos e efeitos colaterais da utilização indiscriminada destes medicamentos.

Quais são os anti-inflamatórios mais utilizados

Como referimos atrás, existem mais de 20 fármacos diferentes utilizados nos anti-inflamatórios não esteroides. No entanto, há algumas mais usadas que outras. Deixamos aqui por isso uma lista dos fármacos mais conhecidos e utilizados.

– Ibuprofeno
– Diclofenaco
– Naproxeno
– Colecoxib
– Cetoprofeno
– Piroxican
– AAS (ácido acetilsalicílico)
– Indometacina

Como funcionam os anti-inflamatórios?

Anti-inflamatório refere-se à propriedade de uma substância ou de um tratamento que reduz a inflamação. Os anti-inflamatórios compõem cerca de metade dos analgésicos, reduzem a dor, e reduzem a inflamação ao contrário de opióides (opiáceos – substâncias derivadas do ópio), que afetam o sistema nervoso central.

Os anti-inflamatórios não esteroides (AINE) basicamente são inibidores das COX (enzima ciclooxigenase). Estas enzimas poderão ser divididas em duas variantes, com ligeiras particularidades entre elas: a COX-1 e a COX-2. Estas enzimas são essenciais na transformação do ácido araquidónico (substância derivada dos ácidos graxos) em prostaglandinas e tromboxanos. Estas duas têm uma ação comprovada em processos fisiológicos como a dor, a inflamação a coagulação. Assim, através da inibição da sua produção, pode-se controlar a intensidade de cada uma delas.

Leia Também  Antidepressivos - Para que Servem e Quando são Usados

Efeitos colaterais

Apesar dos anti-inflamatórios não esteroides serem medicamentos bastante seguros, e amplamente utilizados por médicos de todo o mundo, na realidade, são também muitas vezes automedicadas. Assim, quando isso acontece, não há controlo na posologia, facilitando por isso a ocorrência de efeitos colaterais. Além disso, existe interação entre as substâncias dos anti-inflamatórios não esteroides e de outros medicamentos que devem ser verificados, sob o risco de elevar ainda mais os efeitos secundários da sua toma.

De seguida deixamos uma lista de efeitos colaterais provocados pelos anti-inflamatórios não esteroides.

– Todos os anti-inflamatórios têm, além das três ações referidas acima, um efeito na coagulação do sangue. Todos os fármacos utilizados nestes medicamentos têm a capacidade de diminuir a atividade das plaquetas sanguíneas. Este efeito colateral poderá no entanto ser benéfico, pois em caso de doentes com riscos de acidentes cardiovasculares, a diminuição da função das plaquetas pode ajudar o sangue a fluir mais facilmente. O AAS é também utilizado na prevenção de morte súbita dos fetos durante a gravidez. Como os anti-inflamatórios são desaconselhados nas grávidas, são apenas utilizados em casos de grande risco, e com uma dosagem mínima. Já em casos de doentes submetidos a cirurgias, este efeito é muito perigoso, pois reduz a capacidade do sangue em estancar uma hemorragia.

– Dispepsia.
Hepatite medicamentosa;
– O uso indiscriminado dos anti-inflamatórios não esteroides poderá levar em alguns casos à perda de audição em idosos.
– Hemorragia gástrica (se a toma se prolongar, poderá evoluir para uma úlcera gástrica).
– Náuseas e vómitos.
– Apesar do efeito benéfico em alguns casos de problemas cardiovasculares, tem no entanto uma ação prejudicial em indivíduos que sofram de hipertensão e de insuficiência cardíaca.
– Não é recomendado o uso da varfarina com alguns antiinflamatórios porque estes podem aumentar o efeito da varfarina. (Leia: VARFARINA (Varfine, Marevan, Coumadin) – Controle do INR).
– Síndrome nefrótica. (Leia: Proteinúria, Urina Espumosa – Causas, Tratamento, Tipos e Síndrome Nefrótica).
– Alergias (eritemas, urticária na pele, ou ainda, em casos muito raros, choque anafilático).
– As prostaglandinas têm uma função fundamental no funcionamento dos rins. Assim, a sua inibição irá prejudicar o fluxo de sangue nesses órgãos. Enquanto uma pessoa saudável tolera essa alteração durante algum tempo, no caso de um indivíduo com problemas renais, essa inibição poderá levar a uma insuficiência renal aguda. Todos os anti-inflamatórios não esteroides têm um efeito prejudicial nos rins, e como tal, são totalmente contraindicados para doentes renais.
– A toma destes medicamentos irá inibir a ação dos diuréticos. (Leia: Diuréticos –  Tipos, Efeitos Secundários, Para Que Servem e Como Funcionam).

Leia Também  Precauções e Efeitos Secundários dos Antidepressivos

Sendo medicamentos bastante seguros, têm no entanto um grande conjunto de possíveis efeitos secundários. Assim, apenas tome quando prescrito pelo seu médico.

 

loading...

22. Março 2013 by admin

Comentários no Forum (3)

  1. Bom dia!Existe um tempo padrao para consumir os antiinflamatorios ou e sempre a criterio medico?Por exemplo tomar durante cinco dias.

  2. estou ciclando com propionato de testosterona e agora vou também começar com o stanozolol. só que dei uma pancada sem querer em um dos meus seios e tenho próteses de silicone. com medo de gerar algum processo inflamatório, estou fazendo o uso se nimesulida, 100mg de 12 em 12h; e minha dúvida é a seguinte: posso continuar tomando os produtos normalmente ou eles não podem ser usados com o antiinflamatóro? se eu continuar, pode-se perder o efeito de um ou outro. desde já agradeço.
    ou mesmo tomando com os produtos, eu corro o risco de catabolizar?
    Perderei massa muscular?

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Required fields are marked *