Causas da Gastroenterite

A gastroenterite é uma infecção do estômago e intestino grosso causada por vírus e pela intoxicação alimentar bacteriana. A infecção interfere com a absorção da água presente nos conteúdos intestinais para o corpo, esta é uma das principais funções do intestino. Por este motivo a diarreia aguada é o sintoma mais comum de gastroenterite e a desidratação uma complicação.

As duas causas mais comuns de gastroenterite em adultos é a infecção por norovírus e a intoxicação alimentar bacteriana (veja abaixo).

Norovírus

Os norovírus são a causa mais comum de gastroenterite viral em adultos. As infecções por norovírus são também conhecidas por “vírus vómito de inverno” pois é mais comum durante os meses de inverno. No entanto pode acontecer em qualquer altura do ano.

Os surtos de norovírus acontecem em ambientes confinados, como hospitais, lares, escolas e navios de cruzeiro. Isto porque a doença dissemina-se facilmente de pessoa para pessoa, e o vírus pode sobreviver vários dias numa área contaminada.

O norovírus pode propagar-se através do contacto com uma pessoa infetada, numa zona de trabalho, através de objetos contaminados, ou através da ingestão de comida ou bebida contaminada.

Existem vários tipos de norovírus e é possível a infecção ocorrer várias vezes. Isto porque após adoecer, a imunidade ao vírus dura apenas 14 semanas.

Intoxicação alimentar

A maioria dos casos de gastroenterites bacterianas deve-se à intoxicação alimentar. Também podem ocorrer alguns casos virais por intoxicação alimentar. A comida pode ficar contaminada por um vírus se for manuseada por uma pessoa com infecção viral. A contaminação pode acontecer durante qualquer fase da produção, processamento ou preparação da comida.

Por exemplo, a intoxicação alimentar pode dever-se a:
• não cozinhar a comida à temperatura certa durante o tempo certo
• não deixar a comida arrefecer até à temperatura correta
• alguém que não tenha lavado bem as mãos antes de tocar na comida
• comer comida que tenha passado do prazo de validade
• contaminação cruzada (ver abaixo)

Contaminação cruzada

A contaminação cruzada é uma das causas de intoxicação alimentar muitas vezes negligenciada. Acontece quando as bactérias perigosas se propagam pela comida, superfícies e equipamentos de trabalho.

Por exemplo, se preparar frango cru numa tábua de corte e não lavar a tábua antes de preparar uma refeição pronta a comer, como uma salada ou sandes, as bactérias perigosas podem passar da tábua de corte para a refeição pronta a comer.

Também pode ocorrer contaminação cruzada se guardar carne crua em cima de refeições prontas a comer no frigorífico. Os líquidos da carne crua podem pingar para as refeições, acabando por as contaminar.

salmonella

Os tipos de bactérias mais comuns associadas á gastroenterite são:

• campylobacter – bactérias encontrada em carnes brancas, aves, leite não pasteurizado e água não tratada
• salmonela – bactérias encontradas em carnes brancas, aves, ovos e leite não pasteurizado
• Escherichia coli (E. coli) – bactérias encontradas em bifes mal cozinhados e leite não pasteurizado

Diarreia do viajante

A diarreia do viajante refere-se a uma gastroenterite que se desenvolve durante uma viagem. Esta pode acontecer devido a várias bactérias ou parasitas como:

• a bactéria shigella ou o parasita entamoeba – estas disseminam-se por falta de higiene, levando a um tipo de diarreia do viajante denominada disenteria.
• cryptosporidium – parasita presente na terra, comida ou água contaminada por fezes animais ou humanas
• giardia intestinalis – parasita presente na água contaminada por fezes animais ou humanas (dá-se o nome a giardíase às infeções provocadas por este parasita).