abscesso dentário ocorre quando uma bactéria infecta e se espalha para dentro do dente ou da gengiva. A nossa boca está cheia de bactérias, que em combinação com pequenas partículas de alimentos e saliva formam uma película pegajosa chamada placa bacteriana, que se acumula nos nossos dentes.

Comer e beber, alimentos e bebidas ricas em carboidratos (açúcar e amido) faz com que as bactérias da placa transformem os hidratos de carbono em energia de que precisam para se reproduzir. Para além disso também é produzido ácido.

A combinação das bactérias e do ácido, em excesso pode levar à formação de um abscesso dentário. Isto pode ocorrer quando a bactéria se espalhar no:

  • Centro de um dente (a polpa) através de pequenos orifícios que existem nos dentes (cáries dentárias), que são causadas pela quantidade excessiva de ácido – este é conhecido como um abscesso periapical e é o tipo mais comum de abscessos dentários;
  • Numa área das suas gengivas debaixo de um dente – este é conhecido como um abscesso periodontal.

Abscesso Periapical

Quando se desenvolve um abscesso periapical, a placa bacteriana infeta o dente como resultado de uma cárie dentária (através dos pequenos buracos causados ​​pela cárie dentária), que se forma na camada exterior e dura do dente (esmalte). A cárie dentária quebra o esmalte e a camada mais macia debaixo do tecido (dentina) e, finalmente, chega ao centro do dente (polpa). A isto dá-se o nome de pulpite. A polpa dentária no meio do dente morre e a câmara pulpar acaba por ser infectada. As bactérias continuam a infetar a polpa até ao osso que o rodeia e que suporta o dente (osso alveolar), onde se formam os abscessos periapicais.

Abscesso Periodontal

O abscesso periodontal ocorre quando a placa bacteriana afeta a gengiva, causando gengivite severa (também conhecida como periodontite). A periodontite é conhecida por provocar inflamação (vermelhidão e inchaço) nas gengivas, o que faz com que o tecido circundante e a raiz do dente se separe a partir da base do dente.

Esta separação cria uma pequena fenda chamada bolsa periodontal, que permite a entrada de bactérias e a sua propagação, o que a torna muito difícil de manter limpa. O abscesso periodontal é formado pelo acúmulo de bactérias na bolsa periodontal, mas também pode ocorrer como resultado de:

  • Procedimentos odontológicos que criam bolsas periodontais acidentais;
  • Uso de antibióticos na periodontite não tratada, o que pode mascarar o início de um abscesso;
  • Danos nas gengivas, mesmo se você não tiver um abscesso periodontal.

Os fatores de risco

Existem vários factores de risco que contibuem para a formação de um abscesso nos dentes. Entre eles estão:

  • Má higiene oral – se você não escovar os dentes e passar fio dental entre eles regularmente, o risco de desenvolver um abscesso dentário aumenta bastante;
  • Seguir uma alimentação rica em doces pegajosos (aqueles que se agarram aos dentes) alimentos e bebida como: chocolates, doces, açúcar e refrigerantes e/ou alimentos ricos em amido, tais como batatas fritas, pão branco, biscoitos e bolachas;
  • Ter um sistema imunitário enfraquecido – o que pode ser devido a ter uma condição de saúde subjacente, tal como sofrer de diabetes ou devido aos efeitos secundários de alguns tratamentos tais como medicamentos esteróides (corticóides) ou quimioterapia.