Causas do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

A causa exata do distúrbio de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) ainda não é totalmente compreendida. Pensa-se que a síndrome seja causada por uma combinação de factores genéticos (herdados) e ambientais.

Genética

O TDAH tende a ocorrer em famílias e, na maioria dos casos, pensa-se que a hereditariedade seja a causa mais provável. As pesquisas mostram que ambos, pais e irmãos, de uma criança com TDAH têm quatro a cinco vezes mais probabilidade de também eles mesmos terem a doença.

Função Cerebral e Anatomia

As pesquisas mostram também que a forma como o cérebro das pessoas com TDAH funciona é diferente das pessoas que não têm a condição. Acredita-se que as substâncias químicas do cérebro que transportam informações e mensagens, conhecidas como neurotransmissores, não funcionam adequadamente nas pessoas com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade. Além disso, as pessoas com a doença parecem apresentar igualmente uma menor atividade nas zonas do cérebro que controlam a atividade e a atenção.

Algumas pesquisas mostram que o lobo frontal (a parte do cérebro que controla a tomada de decisão), também não funciona como deveria, nas pessoas com TDAH. Outras pesquisas indicam que estes pacientes podem ter desequilíbrios nos níveis de certas substâncias químicas, tais como a noradrenalina e dopamina.

Exposição a Toxinas Durante a Gravidez

As mulheres que ingerem álcool durante a gravidez têm maiores probabilidades de terem uma criança com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade. Pensa-se igualmente que o tabagismo e o abuso de drogas também contribua para aumentar o risco de TDAH numa criança ainda por nascer.

Ser do Sexo Masculino

São mais os meninos diagnosticados com TDAH na infância do que meninas, e mais os homens com a doença do que mulheres. A pesquisa sugere que esta situação pode ocorrer devido ao diagnóstico identificar facilmente comportamentos perturbadores mais perceptíveis e mais comuns em homens que em mulheres.

E também porque no caso das meninas o TDAH passa muitas vezes despercebido, isto devido á grande maioria serem portadoras da forma da doença definida por TDAH tipo predominantemente desatento, ou Distúrbio do déficit de atenção).

Exposição Excessiva à Televisão

Já foram realizados vários estudos que analisaram a relação entre as crianças que assistem muita televisão em idades muito jovens e o desenvolvimento de TDAH mais tarde na infância.

Não existem provas suficientes que afirmem que a televisão é definitivamente uma causa de TDAH, mas permitir que uma criança de até três anos de idade assista TV várias horas por dia pode contribuir para desenvolver alguns problemas de atenção e TDAH na vida adulta.

Outras causas

Outras possíveis causas do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade são:

  • ter nascido prematuramente (antes das 37 semanas de gestação)
  • nascer abaixo do peso
  • dano cerebral, no útero, ou nos primeiros anos de vida

Saiba mais sobre o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).

Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)