Colesterol HDL

O Que é o Colesterol HDL?

O Colesterol, ou mais propriamente o colesterol alto no sangue, é um dos problemas de saúde mais comuns na população de hoje em dia, derivado de uma má alimentação, de um estilo de vida sedentário e até de algumas escolhas mal feitas que os pacientes têm ao longo do seu dia-a-dia.

Porém, é importante também saber que o colesterol é dividido em colesterol mau, colesterol bom e o colesterol total, que é nada mais nada menos do que a soma dos dois, encontrando um valor final para que os pacientes possam seguir-se de forma a encontrar as melhores estratégias para o bom funcionamento do seu organismo.

O colesterol HDL é o chamado colesterol bom, contudo apesar das suas vantagens para a saúde do paciente, é necessário conhecer as suas características, tendo cuidado com os valores no organismo, para que o mesmo não sofra repercussões.

A principal função deste tipo de colesterol é eliminar o máximo de acumulação de gordura que vai ocorrendo de forma natural no interior das artérias.

Tendo em consideração que a acumulação de gorduras no interior das artérias é a principal causa para doenças cardíacas, o colesterol HDL tem assim uma função extremamente importante, diminuindo o risco de doenças cardíacas.

Assim, os níveis baixos de colesterol HDL podem tornar-se perigosos, ao contrário do colesterol LDL que espera-se sempre ter os níveis mais baixos possíveis para evitar complicações.

É identificado como nível baixo de colesterol HDL, concentrações inferiores a 60mg/dl no sangue, sendo que os pacientes devem sempre ter o valor controlado, nunca o deixando descer desta referência.

Colesterol HDL Baixo

Como já foi referido, ter colesterol HDL com níveis baixos é bastante prejudicial para a saúde do seu organismo, sendo que entre as causas mais comuns está uma alimentação abundante de gorduras, nomeadamente comidas fritas e sem a mínima preocupação com o equilíbrio, a falta de prática de exercício físico de forma regular e ainda a adopção de alguns maus hábitos, como o tabaco ou o álcool.

A diabetes é também uma das causas para o aparecimento de colesterol HDL baixo, contudo neste caso o controlo é bastante mais difícil e os cuidados devem ser redobrados.

Os níveis de colesterol HDL baixo indicam que o paciente terá maiores riscos de sofrer de doenças cardíacas, já que a função que este tem de diminuir a acumulação de gordura nas paredes das artérias não está a funcionar em pleno.

Quando este ocorre em criança, geralmente está associado a um historial familiar de doenças cardiovasculares, ou então surge em crianças que têm excesso de peso, devido ao consumo excessivo de açúcar e à falta de prática desportiva regular.

No caso de existir historial familiar ou excesso de peso, os pais devem optar por realizar o exame de sangue para verificar os valores de colesterol logo após os 2 anos de idade, vigiando regularmente os valores e seguindo os tratamentos adequados que os médicos especialistas aconselham.

Sintomas e Consequências de Colesterol HDL Baixo

Apesar do colesterol ser um problema de saúde silencioso, dando sinais apenas quando já se encontra em estados muito avançados, é possível que os pacientes consigam antever um problema de saúde mais grave, sendo que para isso é necessário ter noção do estilo de vida que têm e sabendo quais os riscos, identificarem os mesmos antecipadamente.

Mesmo que seja um problema silencioso, se o paciente tiver gordura abdominal fora do normal, apresentar um estilo de vida sedentário e uma alimentação completamente irregular e descontrolada, é muito provável que os níveis de colesterol HDL estejam baixos e é nesse momento que o paciente deve realizar um exame de sangue para verificar os valores, conseguindo assim prever a evolução do problema, adoptando um tratamento rapidamente, evitando complicações maiores.

Como já foi referido em cima, o colesterol HDL baixo poderá ter demasiadas complicações e consequências para o organismo do paciente, sendo que tendo em consideração a sua função principal, as maiores e mais populares consequências estão relacionadas com o sistema cardiovascular, nomeadamente o infarto agudo do miocárdio, a trombose venosa profunda, as doenças arteriais e até o acidente vascular cerebral (vulgo, AVC).

Os pacientes com excesso de peso, mesmo que não seja diagnosticado obesidade, pressão arterial demasiado elevada ou que sejam fumadores, têm consequências ainda mais intensas e complicações que podem muito bem vir a revelar-se dramáticas para o dia-a-dia.

Dicas para manter o colesterol HDL no nível certo

Apesar de até ao momento termos referido apenas os valores baixos de colesterol HDL, é importante também que os pacientes tenham atenção aos valores altos, pois o indicado é que estes consigam manter um equilíbrio e tenham valores aceitáveis, evitando assim que haja consequências.

Para isso, é importante que os pacientes sigam uma série de dicas e estratégias, nomeadamente no seu estilo de vida a adoptar no dia-a-dia, para que consigam manter o colesterol HDL no nível certo, nem muito baixo, nem muito alto.

Assim, recomenda-se:

– que os pacientes evitem ao máximo os açúcares em exagero, não querendo isso dizer que devem abdicar por completo do açúcar na sua alimentação, mas limitando-o ao essencial, evitando os doces diariamente;

– que os pacientes adoptem uma alimentação saudável, equilibrada e evitando por completo as gorduras, nomeadamente a gordura vegetal, presente em alguns alimentos muito comuns na nossa alimentação, como é o caso do abacate, noz, amêndoa, azeitona e côco;

– um aumento de consumo de alimentos ricos em ómega 3,6 e 9, nomeadamente alguns peixes, como o salmão, atum e sardinha, sendo que é aconselhável a sua introdução na alimentação, pelo menos 3 vezes por semana;

– a prática de exercício físico regularmente, contudo, no caso de desconhecimento de quais os melhores exercícios e qual o ritmo indicado para o seu organismo, é aconselhável que consulte um especialista e seja acompanhado regularmente, pelo menos até ganhar prática.

Em termos gerais, é imprescindível que os pacientes mudem o seu estilo de vida para o mais saudável possível, sem vícios, com uma alimentação equilibrada e indicada para o seu organismo e a prática regular de exercício, é o essencial para que mantenha os níveis adequados de colesterol HDL no seu sangue.

loading...

08. Agosto 2014 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Required fields are marked *