Colesterol VLDL

O que é o Colesterol VLDL?

Nos dias de hoje muito se tem falado sobre o colesterol, havendo cada vez mais pessoas preocupadas com este problema de saúde, procurando o máximo de informação e os melhores métodos para tentar reduzir ao máximo este conhecimento mal.

No entanto, como já foi falado, existe o colesterol bom e o colesterol mau, sendo que é necessário fazer ajustes nos vícios, hábitos e escolhas, para saber o que devem ou não fazer de forma a que os níveis se mantenham o mais normais possível.

A maioria dos pacientes conhece apenas duas versões do colesterol, o colesterol HDL, o chamado colesterol bom e o colesterol LDL, o denominado de colesterol mau, no entanto existe ainda o colesterol VLDL que é igualmente importante e deve ser analisado ao pormenor.

Este é produzido directamente no organismo, pelo fígado, tendo como principal função o transporte de triglicerídeos na corrente sanguínea. Estes são essenciais para o bom funcionamento do organismo, nomeadamente quando são armazenados nas células e utilizados posteriormente para a produção de energia.

Este é considerado um tipo de colesterol mau, assim como acontece com o colesterol LDL, pois quando os seus valores estão demasiado elevados, podem levar à acumulação de gordura nas paredes das artérias, assim como a formação de placas de aterosclerose, resultado num aumento drástico de risco de aparecimento de doenças de coração.

Por outro lado, este tipo de colesterol não apresenta consequências quando o seu valor é demasiado baixo, como acontece com o colesterol HDL, pois isso apenas indica que existe uma presença mínima de triglicerídeos e gordura no organismo.

Em termos práticos, é possível dizer que assim que o colesterol VLDL chega à corrente sanguínea transforma-se em colesterol LDL, o que pode significa que é bastante perigoso, principalmente quando os seus valores são extremamente altos.

Leia Também  Cirurgia Vascular - Riscos, Benefícios, Resultados, Recuperação e Pós-operatório

Valores de referência do colesterol VLDL

Tal como acontece nas outras vertentes do colesterol, existem valores de referência que os pacientes devem ter em consideração para saber se estão acima ou abaixo dos valores normais.

Quando os pacientes se encontram abaixo do normal, as consequências são mínimas, porém os especialistas também não aconselham pois isso poderá resultar numa falta de energia, enquanto que os valores altos é extremamente grave e poderá significar grandes riscos de doenças cardiovasculares.

Assim, os valores de referência para o colesterol VLDL são:

– abaixo de 30 mg/dl é considerado baixo
– até os 30 mg/dl é considerado o valor ideal
– acima dos 40 mg/dl é considerado um valor alto

Como diminuir o níveis de colesterol VLDL

Como foi já foi referido, o colesterol VLDL quando chega à corrente sanguínea transforma-se em colesterol LDL, o chamado mau colesterol, facilitando a acumulação de placas de gordura nas artérias e com isso trazer vários tipos de problemas para a saúde geral do organismo.

Por isso, é extremamente importante que os pacientes tenham em atenção regularmente os seus níveis de colesterol VLDL, pois não havendo sinais ou sintomas, quando os problemas começarem a surgir pode ser demasiado tarde.

Porém, nem todos os pacientes sabem exactamente o que devem fazer, levando muitas vezes a um arrastamento da situação e um adiamento de tratamento, o que poderá significar alguns problemas mais graves do que os esperados pelo paciente.

Assim, é imprescindível que os pacientes reduzam ao máximo o consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas ou trans, nomeadamente os pacientes que têm factores para o aparecimento de colesterol ou que tenham já níveis elevados, devem adoptar um alimentação cuidada, evitando as carnes demasiado gordas, as peles das aves, os refrigerantes, as comidas fritas e essencialmente os doces.

Leia Também  Desmaio (Síncope) - Tratamento, Causas e Sintomas

Por outro lado, a prática de exercício físico é também bastante importante, pois um corpo quando é colocado em actividade regularmente, apresenta uma circulação sanguínea mais frequente e com isso a eliminação do mau colesterol torna-se ainda mais fácil.

loading...

08. Agosto 2014 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Required fields are marked *