O que fazer para ter o cabelo saudável

O que fazer para ter o cabelo saudável? O estilo de vida que levamos atualmente não nos permite manter o cuidado que muitas vezes o nosso corpo necessita. Pele e cabelo estão constantemente em contacto com o exterior e com diferentes tipos de agressões externas. Por isso, nem sempre é fácil manter o aspeto saudável dos dois.

cabelo saudavel

É necessário conhecermos qual é a tipologia e saber como cuidar com os produtos certos e as técnicas correta, uma das partes mais importantes da nossa aparência.

Tipos de Cabelos

Os especialistas dividem os cabelos em três tipos para potencializar os tratamentos capilares e evitar problemas como a queda, a seborréia, a oleosidade, a casa ou a calvíce.

Os cabelos normais são o tipo de cabelo desejado por toda a gente. Normalmente são mais macios, têm mais brilho e um volume adequado. Para além disso, os cabelos não ficam ressequidos e também não apresentam excesso de oleosidade. Normalmente, as glândulas sebáceas deste tipo de cabelo produzem apenas a gordura necessária para manter o brilho do cabelo. Para manter o aspeto saudável, basta lavar o cabelo com um champô suave, ter cuidado com o sol, a praia, o calor e hidratar o cabelo regularmente, de forma intensiva.

Os cabelos oleosos apresentam aquela gordura desnecessária, que torna o cabelo mais sujo, mais fino e com menos volume. As glândulas sebáceas têm uma produção acima do normal e o cabelo perde o aspeto natural e saudável. Neste caso, os cuidados diários são necessários. Deve lavar o cabelo todos os dias, com um champô de ervas naturais, o mais apropriado. Este tipo de champôs seca as glândulas sebáceas e reduz a tendência para a produção de gordura. Há ainda algumas técnicas para usar durante a lavagem do cabelo. Retire sempre todo o excesso de champô ou de condicionador, não lave o cabelo em água quente e evite também o secador.

Por último, os cabelos secos são o completo oposto do cabelo oleoso. As glândulas sebáceas não produzem gordura suficiente para deixar os cabelos hidratados, que ficam baços e com potas espigadas. Para além disso, o volume do cabelo é excessivo e este torna-se difícil de pentear ou desembaraçar. Ao toque, os fios cabelos são ásperos e frágeis. A técnica é hidratar frequentemente o cabelo com tratamentos próprios e cortar os fios, de três em três meses.