Complicações da Celulite Infecciosa

As complicações da celulite infecciosa podem incluir intoxicação sanguínea (septicemia, sepse ou sépsis), abscessos e meningite.

Septicemia, Sepse ou Sépsis

Se as bactérias que infetaram a pele e tecidos entrarem na corrente sanguínea, podem provocar uma infecção geral grave do organismo, conhecida como septicemia. Os sintomas de septicemia incluem:

  • temperatura elevada (febre) de 38ºC ou acima
  • batimentos cardíacos acelerados
  • respiração acelerada
  • tensão arterial baixa (Hipotensão), que dá origem a tonturas quando nos levantamos
  • alterações no comportamento mental, como confusão ou desorientação
  • diarreia
  • diminuição do fluxo urinário
  • pele fria e pegajosa
  • pele pálida
  • perda de consciência

Se tiver algum destes sintomas ligue para o 112 e peça ajuda.

Leia o artigo sobre septicemia para obter mais informações sobre essa condição (brevemente).

Abscessos

Alguns casos de celulite infecciosa podem resultar na formação de um abscesso próximo do local de infecção. O abscesso é um inchaço cheio de pus, inchado, localizado debaixo da pele. Esta protuberância deve-se à acumulação de bactérias e células brancas mortas. Em alguns casos, os antibióticos usados ​​para tratar a celulite infecciosa, ajudam a remover o abscesso. No entanto, se não for este o caso, o pus terá de ser drenado do abscesso através de uma pequena incisão realizada na pele.

Leia a secção sobre abscessos para mais informações.

Celulite Facial e Meningite

A celulite facial é uma forma pouco comum de celulite infecciosa que se desenvolve na pele da face. Esta é responsável por cerca de 8.5% de todos os casos de celulite. A celulite facial é mais comum em crianças com menos de três anos de idade e em adultos acima dos 50 anos. No caso das crianças, se não for tratada, as bactérias podem espalhar-se às membranas exteriores do cérebro (meninges) e despoletar uma infecção cerebral grave chamada de meningite. Os sintomas de meningite nos adultos podem variar, mas os sintomas nos bebés e crianças abaixo dos três anos incluem:

  • ficam irritados e não querem colo
  • choro não usual
  • vómito e recusa de alimento
  • pele pálida e manchada
  • perda de apetite
  • fixação de olhar (olhar pasmado)
  • sonolentos e relutantes a acordar

A meningite bacteriana é grave e deve ser tratada como uma emergência médica. Se não for tratada, a infecção bacteriana pode provocar danos cerebrais graves e infetar o sangue. Se suspeitar que o seu filho tem sintomas de meningite, ligue imediatamente o 112 pedindo ajuda. A melhor forma de proteger o seu filho contra a meningite é ter as vacinas em dia:

  • Vacinação: DTP (Tríplice Bacteriana) + VOP (Vacina Poliomielite) + HIB (Vacina Haemophilus de Infância do tipo B)  (5 em 1), que deve ser tomada entre os dois e os quatro meses
  • Reforço Hib + MenC, que deve ser tomada após o primeiro ano

A vacina e o reforço fornecem imunidade contra duas das principais causas de meningite em crianças:

  • Bactéria haemophilus influenzae b (Hib)
  • Neisseria  meningitidis serotipo C (MenC)

Fale com o seu médico se achar que as vacinas do seu filho não estão atualizadas.

Foto de Celulite Infecciosa nas mãos