Complicações do Impetigo

As complicações do impetigo são bastante raras, mas podem ocorrer ocasionalmente e serem relativamente graves. Fale com o seu dermatologista se os sintomas mudarem ou piorarem. Abaixo descrevemos algumas das complicações causadas pelo impetigo.

Celulite Infecciosa

A celulite infecciosa (não confundir com celulite estética) instala-se quando a infecção se espalha para as camadas mais profundas da pele. Pode provocar sintomas como pele vermelha e inflamada e febre ou dor. Por ser tratada com antibióticos e a toma de paracetamol pode ajudar a aliviar a dor.

Psoríase Gutata (em gotas)

A psoríase gutata é uma doença da pele, não infecciosa que surge em crianças e adolescentes após uma infecção bacteriana. É mais comum após uma infecção na garganta, mas em alguns casos está ligada ao impetigo. A psoríase em gotas provoca pequenas (menores que 1cm) manchas escamosas, vermelhas e em forma de gota, no peito, braços, pernas e couro cabeludo. Os cremes podem ser usados para controlar os sintomas.

Escarlatina

A escarlatina é uma infecção bacteriana rara que provoca erupções finas e rosadas ao longo do corpo (Veja Fotos da escarlatina). Os sintomas associados mais comuns são náuseas, dor e vomito. Normalmente é tratada com recurso a antibióticos. A escarlatina normalmente não é grave mas é contagiosa. Por isso, é importante isolar qualquer criança infetada e evitar contacto físico próximo. Mantenha sempre os seus filhos longe da escola e outras pessoas até ter pelo menos cinco dias de tratamento com antibióticos.

Sepse

A septicemia, sepse, sépsis ou choque séptico é uma infecção bacteriana que afeta o sangue. A sepse pode causar sintomas como:

  • diarreia
  • pele fria, pegajosa
  • temperatura elevada (febre) de 38ºC ou superior
  • respiração acelerada
  • vómito
  • tensão arterial baixa (hipotensão)
  • confusão
  • sensação de desmaio e tonturas
  • perda de consciência

A septicemia é uma condição que coloca o paciente em risco de vida e necessita de tratamento imediato com antibióticos em meio hospitalar.

Glomerulonefrite pós-estreptocócica

A glomerulonefrite pós estreptocócica é uma infecção dos pequenos vasos sanguíneos localizados dentro dos rins. É uma complicação muito rara do impetigo. estreptocócica incluem:

  • alteração da coloração da urina para um castanho-vermelho ou cola
  • inchaço abdominal
  • inchaço da face, olhos, pés e tornozelos
  • aumento da tensão arterial
  • sangue na urina
  • redução da quantidade da urina que normalmente produz

As pessoas com glomerulonefrite pós estreptocócica normalmente necessitam de tratamento hospital imediato para que a tensão arterial possa ser monitorizada e controlada. Menos de 1% das crianças morre devido à condição.

Cicatrizes

Em casos muito raros, o impetigo pode deixar algumas cicatrizes. No entanto, é mais comum acontecer quando alguém coça as bolhas, crostas ou feridas. As bolhas e as crostas por si só não deixam cicatriz se as deixarmos curar sozinhas. As marcas ou manchas vermelhas que ficam também desaparecem com o tempo. O tempo que a vermelhidão demora a desaparecer pode variar entre alguns dias a algumas semanas.

Foto de Impetigo Contagioso na Bochecha