Como Diagnosticar a Artrite Reumatoide

A artrite reumatoide pode ser difícil de ser diagnosticada, isto porque existem várias doenças que causam rigidez e inflamação nas articulações.

Ao consultar o seu médico, este irá levar a cabo um exame físico, verificar se existe algum inchaço nas suas articulações, e avaliar a facilidade com que se movem. O médico irá ainda questioná-lo/a sobre os sintomas que sente. É fundamental não se esquecer de referir todos os sintomas, não apenas aqueles que você acha importantes, pois estes irão ajudar o médico a fazer o diagnóstico correto.

Se o médico suspeitar de artrite reumatoide, então ele irá encaminhá-lo/a para o especialista nesta área (reumatologista). Depois do médico realizar o exame físico e consultar o seu historial clínico, ele poderá ainda fazer outros testes para o/a ajudar a confirmar o diagnóstico, ou então, encaminhá-lo imediatamente para um reumatologista ao mesmo tempo que pede os exames. Os possíveis exames a realizar estão descritos em baixo.

Análises sanguíneas

Nenhuma análise sanguínea pode diagnosticar de forma conclusiva a existência de artrite reumatoide. Apesar de vários testes poderem indicar que você desenvolveu esta doença, eles não provam ou descartam de forma definitiva o diagnóstico. Se tiver inflamação nas articulações de forma persistente, você deverá dirigir-se a um reumatologista.

Taxa de sedimentação de eritrócitos (ESR)

Neste exame, uma amostra dos seus glóbulos vermelhos são colocados dentro de um tubo de ensaio de líquido. De seguida, é cronometrado o tempo que essas células sanguíneas demoram até se depositarem no fundo do tubo (medido em milímetros por hora). Se elas se afundarem mais rapidamente que o normal, então pode existir uma doença inflamatória, tal como a artrite reumatoide.

Proteína C-reativa (CRP)

Este exame pode indicar se existe alguma inflamação no corpo através da verificação da quantidade de Proteína C-reativa presente no sangue. Esta proteína é produzida no fígado. Se existir mais Proteína C-reativa que o habitual, existe uma inflamação no organismo.

Hemograma completo

O hemograma completo irá medir a quantidade de glóbulos vermelhos, de forma a descartar a anemia. A anemia é uma doença em que o sangue é incapaz de transportar oxigénio, devido à falta de glóbulos vermelhos. Oito em cada dez pessoas com artrite reumatoide sofrem de anemia. No entanto, a anemia pode ter muitas causas, incluindo a falta de ferro na sua dieta. Desta forma, ter anemia não prova que você tenha artrite reumatoide

Fator reumatoide

Este teste sanguíneo irá verificar se um anticorpo específico, conhecido como fator reumatoide, está presente no seu sangue. Este anticorpo está presente em 8 em cada 10 pessoas com artrite reumatoide. Contudo, não pode ser detetado nos estádios iniciais da doença. O fator reumatoide é também encontrado em uma em cada 20 pessoas que não sofrem de artrite reumatoide, logo, este exame também não confirma a doença. Se for negativo, pode ser realizado outro teste de anticorpos (Anticorpo antipeptídeo citrulinado ou anti-CCP), já que é mais específico para a artrite reumatoide.

Raio-X

Fazer um raio-X às articulações pode ajudar a diferenciar entre diversos tipos de artrite. Uma série de raios-X pode igualmente ajudar a perceber como é que a doença está a progredir. Pode também ser realizada uma radiografia torácica de forma a verificar como a doença e os tratamentos (como o metotrexato) estão a afetar o peito. Pode igualmente ser realizado um ultrassom músculo-esquelético para confirmar a presença, distribuição e severidade da inflamação nas articulações afetadas. Para terminar, a ressonância magnética (RM) pode ajudar a verificar a quantidade de danos causados nas articulações.

raio-x artrite reumatoide

Conheça as Complicações da doença.