Diagnóstico da Leucemia Linfoblástica Aguda

No primeiro diagnóstico da leucemia aguda, o médico irá verificar se existem sinais físicos da doença, tais como glândulas inchadas, e realizar alguns exames de sangue.

Um número elevado e anormal de glóbulos brancos nas amostras do teste podem indicar a presença de leucemia aguda. Se o exame de sangue indicar resultados fora do normal, o médico encaminha o paciente a um hematologista (especialista no tratamento de doenças do sangue).

Biópsia de Medula Óssea

Para confirmar o diagnóstico de leucemia aguda, o hematologista examina uma pequena amostra de medula óssea ao microscópio. Este procedimento é conhecido como biopsia de medula óssea. A biópsia de medula óssea é normalmente realizada sob anestesia local.

O hematologista adormece a área (parte de trás do osso do quadril) antes de aplicar a agulha para retirar uma amostra de medula óssea. Este procedimento é geralmente indolor, embora o paciente possa experimentar algum desconforto e ficar com alguns hematomas durante alguns dias. A Biópsia de Medula Óssea tem a duração de cerca de 15 minutos para ser concluída e normalmente o paciente não necessita ficar internado no hospital.

A amostra de medula óssea retirada será verificada. Se estiverem presentes células cancerosas, a biopsia será capaz de determinar qual o tipo de leucemia aguda presente no organismo.

Exames Adicionais

Existem vários testes adicionais que podem ser usados ​​para ajudar a revelar mais informações sobre o progresso e a extensão da leucemia. Estes exames também podem fornecer uma grande ajuda na forma de como este tipo de leucemia deve ser tratado. São eles:

Testes Citogenéticos

Os Testes citogenéticos ajudam a identificar a composição genética das células cancerosas. Existem algumas variações genéticas específicas que podem ocorrer durante a leucemia, e conhecer estas variações são pode ter um impacto bastante importante no tratamento da doença.

Biópsia de Linfonodo (gânglios linfáticos)

Quando o paciente é diagnosticado com leucemia aguda, poderão ser realizadas mais biópsias em qualquer gânglio linfático inchado que o paciente tenha. Estes serão capazes de determinar até onde a leucemia se estendeu.

Tomografia Computadorizada

Quando o paciente tem leucemia aguda, pode ser realizada uma tomografia computadorizada (TC) para verificar se os órgãos, como o coração e os pulmões, estão saudáveis.

Punção Lombar

se considera que existe o risco de a leucemia aguda se ter espalhado para o sistema nervoso, pode ser realizada uma punção lombar. A punção lombar é um exame em que é usada uma agulha para extrair uma amostra de líquido cefalorraquidiano (líquido que envolve e protege a coluna vertebral) a partir das costas. O fluido é depois examinado para determinar se a leucemia atingiu o sistema nervoso.

Saiba mais sobre a Doença.