Dor de Garganta – Perguntas e Respostas ás Suas Dúvidas

A dor de garganta é um dos problemas de saúde mais comuns. Neste artigo iremos responder a várias questões habituais sobre as suas causas, os vários tipos de dor de garganta, e também, sobre o seu tratamento.

Fotos de faringite laringite e amigdatite

O que é a dor de garganta?

A dor de garganta é uma inflamação na zona da garganta, podendo ocorrer na faringe (faringite), nas amígdalas (amigdalite) ou na laringe (laringite), e que vão provocar dores e irritação, entre outros sintomas.

O que é que causa a dor de garganta?

As razões mais comuns para a dor de garganta é uma infeção bacteriana (especialmente provocadas por bactérias estreptococos do grupo A), mas pode também ter origem viral. Há ainda outras causas que podem provocar o aparecimento de uma inflamação na garganta. Sinusite, doença refluxo gastroesofágico, gripe, SIDA (Leia: Transmissão do HIV – Como se pega AIDS), irritação da mucosa da faringe (origem não infecciosa), doenças autoimunes, enterovírus, entre outras.

A minha dor de garganta é faringite ou amigdalite?

Existem vários termos que podem ser usados para a dor de garganta, e cada um deles está relacionado com a zona inflamada. Por vezes, há confusão entre faringite e amigdalite, e entre a faringite e a laringite. Isto acontece pois são zonas muito próximas, que muitas vezes acabam ambas inflamadas. Sendo muito idênticas, são no entanto situações distintas.

Se tirar as amígdalas, não volto a ter amigdalite?

Apesar da remoção das amígdalas tornar impossível uma inflamação nesse local, isso não impedirá de ocorrerem novas infecções, pois as razões que causavam a inflamação das amígdalas irão provocar a mesma situação, mas na faringe, causando uma faringite. Por isso, não é por retirar as amígdalas que deixa de ter inflamações da garganta, sendo que essa operação é hoje muito menos utilizada, e geralmente, apenas em alguns casos específicos nas crianças.

Os gânglios no pescoço são normais quando se tem dor de garganta?

Sim, esta é uma das situações perfeitamente normais durante a inflamação da garganta. Devido à infecção, os gânglios linfáticos irão inchar.

A dor de garganta pode se transmitir aos outros?

Sim, pois as principais causas para a dor de garganta são bactérias ou vírus. Normalmente o contágio é feito via oral, através da tosse, de um beijo (mononucleose infecciosa provocada pelo vírus Epstein-Barr), e por vezes até pelo simples ato de falar. Quando tem a garganta inflamada, deve evitar qualquer contacto com outras pessoas durante algum tempo. No caso de ser uma infecção bacteriana, no mínimo 24 horas. No caso de ser uma infecção viral, mais algum tempo.

O que devo fazer para não apanhar a doença?

Como a transmissão se faz através do contacto com outra pessoa, deve evitar estar muito próximo de uma pessoa doente. Além disso, deve lavar as mãos frequentemente com um sabonete antissético, que vai destruir qualquer vírus ou bactéria.

A inflamação da garganta pode evoluir para uma conjuntivite?

Sim. Os micróbios causadores da inflamação da garganta afetam qualquer tipo de mucosa. Assim, se não tiver cuidado, e tocar nos olhos enquanto está doente e depois de ter passado pela boca, poderá passar a doença para os olhos, provocando conjuntivite.

Que exames devo fazer para saber se tenho faringite bacteriana?

Antes de mais, deve dirigir-se a um médico. Ele irá usar de alguns métodos de diagnóstico para perceber a sua doença. Depois, de forma a distinguir entre uma faringite de origem bacteriana de uma faringite de origem viral, serão feitos exames próprios para o efeito. Saber o que causa é essencial para a escolha do tratamento correto. Alguns dos exames realizados são: anamnese, hemograma, e colheita de pus com análise microscópica.

Que medicamentos devo tomar?

Como existem vários tipos de causas para a inflamação, não existe um medicamento universal para as dores de garganta. A escolha mais óbvia são os anti-inflamatórios (Leia: Anti-Inflamatórios – Como Funcionam, Ação e Efeitos Colaterais). No entanto eles apenas irão atuar sobre os efeitos da infecção e não sobre a infecção em si. Assim, a melhor opção é consultar um médico, de maneira a indicar o melhor tratamento para a situação.

Devo tomar antibiótico para a dor de garganta

Os antibióticos são medicamentos que devem ser usados muito espaçadamente, e apenas em casos que seja mesmo uma necessidade absoluta. Assim, nas dores de garganta apenas deve tomar antibióticos em casos de origem bacteriana.

O que pode acontecer se não tratar a amigdalite ou faringite bacteriana?

Existem várias complicações que advém de uma inflamação na garganta não curada, como por exemplo a febre reumática, a escarlatina, a Glomerulonefrite pós-estreptocócica e abcessos de garganta. Veja algumas fotos de pessoas com Escarlatina.

Porque é que se toma injeções de Benzetacil nas dores de garganta?

No caso das crianças, de maneira a prevenir o aparecimento da febre reumática, é indicado o tratamento com injeções de Benzetacil. Estes podem também ser substituídos por antibióticos orais. No entanto, este tratamento é mais demorado, e como muitas vezes as melhoras aparecem antes do período indicado, é habitual parar-se o tratamento, promovendo-se o aparecimento de bactérias mais resistentes, que podem novamente causar a febre reumática. Assim, o tratamento com injeções de Benzetacil é mais prático, pois apenas com uma dose assegura-se o tratamento integral.

Há alguma receita ou remédio caseiro que cure a dor de garganta?

Existem várias receitas caseiras que dizem ser eficazes para a dor de garganta. No entanto, a sua eficácia nunca foi comprovada, funcionando na maioria das vezes apenas como um calmante para a irritação na garganta. Um exemplo é o mel com própolis, em que o mel, ao contrário do mito popular, não tem uma ação milagrosa, e o própolis, tendo propriedades anti-inflamatórias, o seu efeito é muito mais pequeno que nos medicamentos. No entanto, tem algum efeito calmante.

Que outros tratamentos naturais posso fazer em casa para ajudar a aliviar a garganta irritada?

Pode beber chá de gengibre, que ajuda a aliviar a dor de garganta. Não deve ser tomada por grávidas. Pode também comer maçã crua coberta com mel. Depois de deixar o mel durante alguns minutos na maça, coma-a. A maçã tem um efeito anti-inflamatório e o mel irá ajudar a acalmar e a lubrificar a garganta. Como dissemos em cima, não curam mas aliviam.

Beber água ajuda a aliviar?

Sim, pois a barreira que protege as paredes da garganta é menos eficaz com a falta de água. Ao beber água frequentemente, estará a hidratar a garganta, aliviando a irritação.

Os alimentos frios vão piorar a minha dor de garganta?

Não, pois a inflamação não irá agravar. Por vezes, alimentos quentes podem até ajudar a aliviar. Contudo, as sensações de irritação poderão ser diferentes consoante cada pessoa.

Gargarejar com água morna, vinagre e sal combate os vírus e as bactérias?

Não, pode até piorar. O vinagre é bastante ácido, podendo alterar o pH da garganta, o que poderá originar mais irritação.