Como Diagnosticar um Abcesso Cerebral

Será realizada uma avaliação inicial tendo como base os seus sintomas físicos assim como o seu histórico médico, por exemplo, se você já teve uma infecção no passado, recentemente, ou se tem um sistema imunitário debilitado.

Exames de sangue

Os testes de sangue serão realizados para verificar a presença da infecção. Níveis elevados de glóbulos brancos no sangue indicam a presença de uma infecção grave. No entanto, se houver suspeita de um abscesso cerebral, o diagnóstico pode ser confirmado através de um exame cerebral.

Tomografia computadorizada

A tomografia computadorizada (TC) envolve uma série de raios-X tirados ao corpo a partir de diferentes ângulos. Esta técnica produz uma imagem totalmente detalhada do interior do corpo. A tomografia computadorizada pode também detetar a presença de abscessos e qualquer inchaço ou edema associado a estes, no interior do cérebro.

Ressonância magnética

A ressonância magnética (MRI) utiliza campos magnéticos e ondas de rádio para produzir uma imagem detalhada do interior do corpo. A ressonância magnética pode fornecer-nos uma imagem mais detalhada do que uma tomografia computadorizada, pelo que às vezes é usada caso os resultados da tomografia computadorizada sejam inconclusivos.

Aspiração/Drenagem Guiada por Tomografia computadorizada

Se for encontrado um abscesso no cérebro, neurocirurgiões (médicos que se especializam no tratamento do sistema nervoso e do cérebro) podem fazer uma aspiração/drenagem guiada por tomografia computorizada com uma agulha, para o local do abscesso e remover uma amostra do pus (secreção produzida em consequência de um processo infecçioso) para testes adicionais. Ista técnica é conhecida como aspiração guiada por TC. A amostra de pus deve indicar o tipo de germe/bactéria causador do abscesso.

O tratamento com antibióticos de amplo espectro geralmente começam o mais cedo possível, antes mesmo de ser realizada a aspiração guiada por TC, pois pode ser perigoso esperar até que os resultados sejam determinados. Os antibióticos de largo espectro podem ser usados para combater uma vasta gama de bactérias. Estes serão usados antes de ser feito um diagnóstico específico porque há uma grande hipótese de que seja eficaz se a infecção for causada por bactérias.

Se os exames de diagnóstico revelarem que o abscesso é causado por um fungo, o plano de tratamento pode ser mudado e serão receitados antifúngicos para combater a infecção.

Conheça as principais causas de um abscesso cerebral.

Imagem de abcesso cebebral por tomografia computorizada