No final deste artigo poderá ver a nossa galeria de imagens com fotos dos resultados da mamoplastia redutora antes e depois. (Leia também o nosso artigo principal sobre mamoplastia redutora).

A redução mamária ou mamoplastia redutora é uma cirurgia plástica dos seios que consiste em reduzir o tamanho das mamas, obtendo como resultado uma glândula mamária mais pequena, mais cónica e mais levantada, eliminando não só o peso em excesso que afeta a coluna cervico dorsal e consequentemente, a posição, como também a parte estética, dando ás pacientes um peito mais bonito.

Candidato ideal

Na maioria dos casos espera-se que o peito se desenvolva totalmente, o que ocorre geralmente a partir dos 12 ou 13 anos, dependendo de cada caso.

Planificação da cirurgia

Durante a primeira consulta será avaliado o tamanho, a pele e a consistência glândular. Em todos os casos será solicitada uma ecografia e ou mamografia e se necessário, uma consulta com um mastologista, e todos os exames pré operatórios de rotina. É nesta primeira consulta que a paciente deverá expor as suas expectativas de forma clara e consciente de forma a que o cirurgião lhe possa explicar todas as opções disponíveis para cada caso em particular

Deverá informar o cirurgião se é fumadora, se é alérgica a algum tipo de medicação e se tem planos para engravidar num futuro próximo.

Como é realizada a Cirugía

A mamoplastia redutora é realizada em sala cirúrgica, num hospital, público (comparticipada pelo estado) ou pelo privado, e tem em média a duração de 2 horas. A anestesia utilizada pode ser local com sedação ou em alguns casos anestesia geral. Existem muitas técnicas cirúrgicas, e naturalmente houve uma grande evolução neste aspecto, mas geralmente todas elas deixam cicatrizes que podem ser desde cicatrizes periareolares (em volta da aréola), verticais ou em forma de T invertido. Com o passar do tempo estas cicatrizes ficam praticamente invisíveis. Se a mama a reduzir for muito grande a cicatriz será em T invertido.

Pós Operatório

O procedimento pode realizado em cirurgia de ambulatório (Cirurgia em que a admissão, intervenção e alta hospitalar para o domicílio ocorre no mesmo dia) ou com um dia de internação. As bandagens elásticas (pensos) são retirado após 48 horas juntamente com os drenos. Os pontos (suturas) são retirados entre os 15 e os 21 dias, e as pacientes podem reintegrar-se rapidamente nas suas atividades habituais, tendo sempre o cuidado de não realizar esforços nos braços, ou levantar os braços durante um período de 2 a 3 semanas.

Riscos, Complicações e Resultados

Os riscos e complicações que existem nesta cirurgia são os mesmos que existem em qualquer procedimento cirúrgico, como infecções nas feridas, cicatrizes quelóides, necrose, perda da sensibilidade da areola e mamilo (esta complicação pode ocorrer com mais frequência em mulheres com os seios muito grandes) e acontecem com muito pouca frequência. A amamentação depende da técnica cirúrgica utilizada mas regra geral é conservada.

Os bons resultados apenas começam a surgir a partir dos 2 ou 3 meses, mas o alívio do peso na coluna é automático. A mamoplastia de redução é uma cirurgia com excelentes resultados e satisfação para todas as pacientes, e isso vê-se pelas fotos de mamoplastia redutora antes e depois que temos disponíveis para si já de seguida.

Fotos de Mamoplastia Redutora Antes e Depois

(Saiba mais sobre esta cirurgia estética Aqui). Veja também a nossa galeria de imagens de pacientes com necrose, onde poderá ver algumas pacientes com necrose após terem realizado uma cirurgia mamária. (Ver Aqui)