Implante Dentário Carga Imediata

A carga imediata constitui uma técnica extremamente inovadora, que vem dar resposta à necessidade de aceleração do processo de instalação de implantes dentários. Resultado de muitos anos de estudos e investigações, os implantes de carga imediata têm vindo a revolucionar o universo da implantodontia, ao possibilitarem um alcance bastante eficiente de resultados mais rápidos, seguros e funcionais para o paciente.

Até há não muito tempo atrás, sempre que um paciente necessitasse de se submeter a uma cirurgia de implante dentário teria de esperar diversos meses até poder finalmente efectuar a colocação das próteses dentárias. Isto contrasta imenso com a crença popular, uma vez que muitos são aqueles que acreditam que após a cirurgia de implante dentário sairão do consultório com todos os dentes artificiais já instalados e prontos a utilizar.

Quando descobrem que o procedimento não é assim tão simples, alguns pacientes acabam por desistir da ideia de optar por um implante dentário, recorrendo, como alternativa, a soluções como as placas dentárias removíveis, que apresentam a capacidade de resolução dos problemas de falta de dentes de um modo muito mais rápido e seguro.

Felizmente, com o advento dos implantes dentários de carga imediata, isso deixou de representar um problema, uma vez que tornou-se possível efectuar a instalação do implante e da prótese dentária exactamente no mesmo dia. É isto que faz dos implantes de carga imediata constituam uma inovação tão importante no ramo da odontologia.

Ao optar por um implante de carga imediata o paciente estará a usufruir de diversas vantagens de grande relevância na manutenção de uma boa saúde oral:

– Redução significativa dos riscos de infecções. Sendo que, ao contrário dos implantes convencionais, o período de recuperação não envolverá meses de espera para a cicatrização da gengiva, os riscos resultantes para o paciente revelar-se-ão muito menores. Isto é importante porque, segundo os dados que têm vindo a ser recolhidos ao longo das décadas, a maior parte dos casos insucesso apresenta uma correlação directa com o tempo de recuperação.

Acredita-se que, quanto maior for o período de espera entre a colocação dos implantes a instalação das próteses, maiores serão as probabilidades do paciente vir a experienciar complicações periodontais. Uma vez que com os implantes de carga imediata o tratamento é completado no espaço de poucas horas, as taxas de sucesso acabarão por se revelar muito mais satisfatórias.

– Muito mais económico para o paciente. Quanto menor for o número de idas ao dentista necessárias para a conclusão do tratamento, mais reduzidos serão os gastos com o mesmo. Com os implantes convencionais, o paciente terá, durante meses, de se deslocar com imensa regularidade ao seu dentista, o que, no final do tratamento, resultará em gastos muito maiores.

Ainda que os implantes de carga imediata também representem um tratamento dispendioso, a verdade é que a rapidez do procedimento fará com que o paciente tenha a possibilidade de economizar uma boa quantia de dinheiro em todos os gastos associados.

– Maior conforto para o paciente. Uma vez que esperar meses para que haja a possibilidade de colocação das próteses é uma realidade que não agradaria a ninguém, poder despachar todo o serviço em apenas algumas horas resultará num grande nível de conforto para o paciente, uma vez que não precisará de enfrentar, durante muito tempo, os obstáculos resultantes de várias restrições alimentares.

A nível estético, isto também será extremamente proveitoso para o paciente, uma vez que ninguém gostaria de andar muito tempo com um sorriso desprovido de dentes.

– Menos inconvenientes profissionais. A verdade é que, o tempo de recuperação, poderá mesmo impedir o paciente de exercer normalmente as suas funções profissionais, dependendo do carácter das mesmas. Desta forma, ao permitirem uma instalação imediata das próteses, os implantes de carga imediata anulam a necessidade de afastamento do paciente da sua rotina profissional, o que é de grande utilidade para qualquer pessoa que não se possa dar ao luxo de andar com um problema dentário de elevada seriedade no seu local de trabalho.

Apesar de todos os benefícios inerentes a esta nova técnica, a verdade é que não é possível aconselhá-la a qualquer tipo de paciente. Segundo os resultados que têm vindo a ser obtidos através da execução de diversas cirurgias de implante dentário de carga imediata, concluiu-se que esta solução apenas se revelará produtiva para determinados tipos de pacientes.

Ou seja, quem não se encontra na categoria de casos elegíveis para a este tratamento, terá de se contentar com as alternativas mais convencionais, que apesar de oferecerem resultados bastante satisfatórios, poderão dar origem a diversas complicações.

Eis aqueles que podem submeter-se a este tratamento:

– Pacientes que necessitem apenas de um implante unitário. A carga imediata tem vindo a revelar-se mais eficaz em cirurgias de pequena dimensão, pelo que, é particularmente indicada para quem precisa de instalar apenas um implante. Tendo em conta a rapidez de todo o procedimento, ter de instalar diversos implantes poderia dar origem a complicações, daí tal ser prática pouco usual.

– Pacientes que já utilizem uma dentadura completa há algum tempo e necessitem de substituir as suas próteses. Este caso é ideal porque, o facto da cirurgia ter sido há muito tempo, contribui para simplificar e acelerar todo o processo. Eventualmente, qualquer dentadura necessitará de ser substituída, independentemente da sua qualidade e dos cuidados adotados pelos seus utilizadores.

Nessas situações, uma cirurgia de implante dentário de carga imediata será sempre a solução mais adequada a ser escolhida. Até agora, os resultados obtidos em casos destes têm sido surpreendentes.

É importante notar que, pacientes que sofram de problemas na estrutura óssea maxilar poderão não estar elegíveis para este tratamento. Para que a cirurgia possa ser levada a cabo com todo o sucesso pretendido, é imperativo que o paciente apresente um bom nível de densidade óssea, de modo a que o implante possa ser colocado sem qualquer tipo de problema e permanecer estável durante muitos anos.

Uma boa percentagem dos pacientes apresenta massa óssea insuficiente. Nestes casos, terá de se submeter a uma cirurgia de enxerto ósseo. Esta cirurgia tem como objectivo preencher zonas que apresentem deformações, de forma a permitir a instalação dos implantes. Por esta razão, é importante que toda a estrutura maxilar do paciente seja muito bem avaliada antes de se dar inicio ao tratamento.

Os implantes dentários convencionais apresentam uma taxa de sucesso em torno dos 95%, o que não é nada mau. No entanto, os implantes de carga imediata conseguem ser ainda mais viáveis, apresentando uma taxa de 98%. Isto faz deles uma das melhores opções a que actualmente se pode ter acesso no mercado da implantodontia.

Apesar disto, é importante mencionar que, esta taxa, só poderá ser atingida caso este procedimento seja levado a cabo com todos os cuidados necessários, não sendo, por isso, possível garantir o sucesso de cirurgias que incluam pacientes que não se apresentem devidamente elegíveis para a mesma.

Implante dentário carga imediata