Implante Dentário Passo a Passo

O implante dentário representa, hoje em dia, a solução mais viável a ser adoptada por quem sofreu a perda de um ou mais dentes. Ainda que que diversas sejam as outras alternativas disponíveis no mercado, como é o caso das placas dentárias, a verdade é que nenhuma delas apresenta a capacidade de oferecer os resultados que podem ser retirados de um bom implante dentário.

Quando devidamente executada, uma cirurgia de implante dentário permitirá ao paciente recuperar toda a funcionalidade dental de outrora e fazer tudo aquilo que habitualmente fazia com os seus dentes naturais. A qualidade dos implantes comercializados actualmente permite aos seus utilizadores levar a cabo qualquer tipo de função mastigatória sem que se experiencie aqueles constrangimentos tipicamente comuns em soluções removíveis, como é o caso da queda das próteses.

Para além de um elevado nível de funcionalidade, os implantes dentários apresentam um grau de durabilidade extremamente satisfatório, que quando correctamente explorado permitirá a manutenção dos implantes por um período superior a duas décadas. Isto faz desta alternativa um excelente investimento financeiro a longo prazo, uma vez que não exigirá muitas idas ao dentista nem substituições frequentes, como costuma acontecer com algumas placas dentárias removíveis.

Apesar da popularidade dos implantes dentários nos dias de hoje, ainda muitos são os mitos que persistem a respeito desta inovadora técnica odontológica. Estes mitos são responsáveis pelo receio sentido por muitos pacientes relativamente ao procedimento levado a cabo para a colocação dos implantes dentários.

Isto, por sua vez, contribui para que ainda seja elevada a percentagem de pessoas que opta por não recorrer a este tratamento, simplesmente por não conhecê-lo aprofundadamente. Como forma de clarificar algumas das mais importantes questão relacionadas com a instalação de implantes dentários, de seguida descreveremos, passo a passo, todas as fases inerentes a este processo de reconstituição dentária.

Informação

A consulta de informação constitui o primeiro passo a ser dado por quem tiver interesse em recorrer a este procedimento. Conheça todas as clínicas na sua região, procure feedback e familiarize-se com o preço médio praticado em tratamentos de implante dentário. Isto ajudá-lo-á a garantir, não só que não será roubado, como também que não estará a pagar um preço demasiado baixo por um serviço que, na verdade, poderá revelar-se de qualidade duvidosa.

Actualmente, muita é a oferta disponível no mercado. As clínicas de estética dentária abundam e os preços apresentam-se cada vez mais aliciantes. Infelizmente, nem tudo são rosas, uma vez que continuam a existir muitas entidades pouco idóneas a oferecer cirurgias de implante dentário. Uma vez que com a saúde não se brinca, apenas deverá recorrer aos serviços de uma clínica caso tenha a certeza absoluta de que estará em boas mãos.

Será, também, importante criar consciência de todos os procedimentos cirúrgicos envolvidos neste tratamento, de modo a poder decidir com bom senso se vale ou não a pena submeter-se ao mesmo. O implante dentário é, a nível geral, um tratamento bastante seguro. No entanto, dependendo muito da sua idade e estado saúde, poderá ou não revelar-se como a melhor alternativa a ser adoptada para a resolução dos seus problemas dentários.

Financiamento

Os preços extremamente elevados que tendem a estar associados aos tratamentos de implante dentário já não são novidade para ninguém. Por mais eficaz que um implante seja na obtenção de uma estrutura dentária de grande qualidade, a realidade é que muitos são aqueles que, simplesmente, não possuem as condições financeiras necessárias para o usufruto de um tratamento desta natureza.

Esta é outra das principais razões que faz com que as placas dentárias removíveis continuem a ser tão populares, mesmo depois de já ter sido provado que o implante dentário constitui a melhor de todas as alternativas de reconstituição dentária. Assim sendo, antes de se comprometer com uma clínica, esclareça todas as suas dúvidas relativamente ao preço do tratamento.

E isto não se refere apenas à cirurgia em si, mas também a todos os procedimentos pré e pós-cirúrgicos que poderão ter um custo associado. Caso não se apresente em condições financeiras de suportar os custos dos implantes dentários, poderá tentar encontrar soluções que o ajudem a cobrir todas estas despesas, como é o caso de instituições que realizem implantes dentários gratuitamente.

Seguros de saúde dentária também poderão ser encarados como uma boa opção para minimizar o preço final de um tratamento de implante dentário, uma vez que permitem, por vezes, reduzir drasticamente todos os custos associados.

Avaliação e planeamento

Esta fase será sempre levada a cabo pelo seu odontologista, durante um conjunto de consultas que terão como objectivo primordial estudar o seu problema e determinar qual a forma mais viável de resolvê-lo. Durante esta fase, receberá todo o tratamento bucal necessário, serão feitas as radiografias e será também levado a cabo um planeamento rigoroso relativamente à metodologia de inserção de cada um dos implantes dentários.

O número de consultas necessárias para a conclusão do diagnóstico irá depender activamente da complexidade do problema do paciente, bem como da técnica de implantodontia a ser utilizada. Hoje em dia existem já muitos tipos de implantes dentários disponíveis no mercado, bem como muitas técnicas para a instalação dos mesmos.

Para um implante dentário guiado, por exemplo, o processo de planeamento será bastante diferente daquele associado a um implante dentário convencional. Em qualquer um dos casos, a cirurgia só será marcada quando o problema do paciente for muito bem estudado e toda a área a ser trabalhada tiver sido muito bem preparada. Isto ajudará a garantir uma cirurgia livre de quaisquer tipos de contratempos, através da qual será possível atingir eficazmente todos os resultados desejados.

Cirurgia

A cirurgia é um processo muito mais simples e rápido do que aquilo que a maior parte das pessoas imagina. Em casos mais simples, poderá ser necessária apenas uma sessão com uma duração inferior a 1 hora. Em casos mais complexos, onde o número de implantes a ser instalados seja muito elevado, poderá haver a necessidade de marcação de mais algumas sessões.

Independentemente do número de sessões necessárias, este tratamento tende a ser extremamente confortável e indolor para o paciente, uma vez que é levado a cabo com o auxílio de anestesia. Caso o paciente não apresente uma boa estrutura óssea maxilar, poderá ter de se submeter a uma cirurgia de enxerto ósseo, antes de finalmente realizar a inserção dos implantes dentários. Tal como a cirurgia de implante dentário, o enxerto ósseo é feito com anestesia, e apesar de ligeiramente mais demorado, também tende a ser bastante confortável para o paciente.

O tempo necessário para a conclusão de todo o processo irá depender, não só das técnicas utilizadas, como também do implante dentário escolhido. No entanto, antes da cirurgia, o odontologista oferecerá ao paciente todo o esclarecimento possível relativamente às características do tratamento para a resolução do seu problema, em particular. A taxa de sucesso é bastante elevada, pelo que, são raríssimas as ocasiões em que este procedimento cirúrgico não é bem sucedido.

Pós-cirúrgico

Após a cirurgia, o odontologista recomendará ao paciente um plano de higienização bucal, que o mesmo deverá tentar seguir à risca. Para ajudar no atenuamento do desconforto resultante do processo de cicatrização, o odontologista poderá, também, receitar alguns antibióticos ao seu paciente.

Independentemente das recomendações feitas, é extremamente importante que o paciente faça todos os possíveis para segui-las à risca, uma vez que esta fase possui um impacto determinante no sucesso final do tratamento. Negligência por parte do paciente poderá dar origem ao fracasso do tratamento, como consequência do desenvolvimento de infecções bacterianas e problemas de cicatrização.

O tempo de duração desta fase poderá ultrapassar os 6 meses, em casos de implantes dentários convencionais. Durante este período, o paciente deverá, também, ter muito cuidado com toda a sua alimentação, uma vez que se encontrará impedido de mastigar determinados tipos de alimentos, nomeadamente aqueles mais rijos. Esta fase pode revelar-se muito ingrata, uma vez que impedirá o paciente de levar a cabo a sua rotina diária habitual.

Apesar de alguns tipos de implantes requererem um período de cicatrização de diversos meses, já há soluções que permitem completar todo o processo em apenas algumas semanas. No entanto, estes implantes revelar-se-ão ainda mais dispendiosos para o paciente. Antes de optar por um tipo de implante dentário, informe-se muito bem relativamente às implicações do mesmo durante esta fase, uma vez que, por razões profissionais, poderá não ter a oportunidade de se submeter a um período de recuperação tão longo.

Estes são os principais passos inerentes ao tratamento de implante dentário. Como pode constatar, o processo não é tão complexo quanto geralmente se pensa, e quando levado a cabo por um cirurgião experiente e devidamente credenciado, dará origem a resultados extremamente satisfatórios.

Fotos

implantes dentarios fotos antes e depois 4

(Veja a nossa Galeria de imagens completa).