Lentes de Contato – Tipos, Cuidados e Complicações

Hoje em dia, já não é tão fácil perceber quem tem problemas de visão ou não. Quando apenas existia a opção óculos, não havia forma de disfarçar. No entanto, hoje em dia é possível corrigir um problema de visão, sem no entanto alterar em nada a sua aparência. As lentes de contato ou contacto tornaram isso possível.

A lente de contato é uma lente oftálmica, colocada sobre a córnea do olho, e que pode ter diversas funções: corretiva, terapêutica, cosmética ou corretivo-cosmética. Relativamente à sua principal função, a correção da visão, a lente de contacto tem exatamente a mesma função que os óculos normais.

No entanto, pode ter um efeito 5% superior na correção da miopia. O facto de serem praticamente invisíveis e bem mais leves, torna-as uma opção mais vantajosa que os óculos. Já relativamente às lentes cosméticas, estas são coloridas de forma a alterar a aparência do olho. As lentes corretivo-cosméticas associal a função corretora com a função cosmética.

– Lentes de contato corretivas: têm como função corrigir erros de refração, tais como a miopia.
– Lentes de contato terapêuticas: têm como função tratar problemas de origem não refractiva do olho, sendo geralmente usado após cirurgias corretivas.
– Lentes de contato cosméticas: têm como função alterar esteticamente o olho, através de uma coloração ou forma diferente.
– Lentes de contato corretivo-cosméticas: têm como função aliar o objetivo corretivo ao cosmético.

Foto de lentes de contato

Vantagens das lentes de contato relativamente aos óculos

As razões pelas quais uma pessoa opta por usar lentes de contato em detrimento dos óculos são várias. Existem as razões estéticas, pois há muitas pessoas que se consideram mais atraentes sem óculos, mas também razões práticas, tais com o facto de não embaciarem, proporcionarem um campo de visão mais largo, e ser mais adequado à prática de exercício físico.

Leia Também  Cuidados a ter com os Olhos

Vantagens estéticas

Há pessoas que não gostam da sua aparência com óculos, e desta forma, podem usar lentes de contato diariamente. Há também outras pessoas que têm lentes de contacto para usarem em situações especiais, como por exemplo uma festa.

Maior campo de visão

Certas pessoas, especialmente aquelas que têm uma graduação muito alta, que conseguem com o uso de lentes de contato ganhar um campo de visão bem mais largo. No entanto, esta vantagem serve para todos aqueles que usam óculos, pois estes apenas conseguem corrigir a visão numa determinada área. Se a pessoa olhar por cima, de lado, ou por baixo dos óculos, a visão será turva. Com as lentes de contato, conseguirá ter uma visão perfeita, sem essas falhas.

Vantagens na prática desportiva

É possível fazer desporto com óculos. Mas pergunte a qualquer desportista o que é mais prático, e a resposta será unânime. Imagine que está a jogar futebol com óculos. Pode cair e partir os óculos, ou quando cabecear a bola, pode não correr lá muito bem. Por alguma razão não se vêm jogadores profissionais a jogar com óculos. Mas existem muitos que jogam com lentes de contacto.

Vantagens terapêuticas

Existem algumas condições oftalmológicas, como a aniseiconia e a ceratocone, que não podem ser corrigidas com o uso de óculos, sendo apenas possível através da utilização de lentes de contato.

Tipos de lentes de contato

Existem vários tipos, sendo essa classificação feita de acordo com a sua rigidez e com o tempo de duração. Assim, podemos dividi-las da seguinte maneira:

– Lentes de contato gelatinosas (diárias, bissemanais e mensais);
– Lentes de contato rígidas (esclerais e semi-esclerais);
– Lentes de contato híbridas.

Lentes de contato gelatinosas

Este tipo de lentes, mais baratas e confortáveis, são também as mais utilizadas. Dentro deste tipo de lentes há diversas opções possíveis, de acordo com as necessidades de cada pessoa.

Lentes de contato diárias

Estas lentes de contato, também chamadas de descartáveis, têm um tempo de duração de apenas um dia. São especialmente adequadas para pessoas que usem lentes de contato de uma forma esporádica, ou então, a quem tenha maior sensibilidade às soluções usadas para desinfetar a lente, visto que as lentes diárias não necessitam dessa solução.

Leia Também  Olho seco e falta de lágrimas

Lentes de contato bissemanais

Este tipo de lentes tem um tempo de duração até 15 dias, devendo apenas ser retiradas durante o sono. Há algumas lentes que permitem o seu uso sem intervalos durante 6 dias seguidos, mas indica-se a sua retirada todas as noites.

Lentes de contato mensais

Tal como nas lentes bissemanais, são de uso frequente, devendo ser tiradas durante a noite. E também tal como nas anteriores, existem algumas marcas que permitem o seu uso sem intervalos durante um mês.

Lentes rígidas

Estas lentes, também chamadas de lentes duras, podem ser esclerais ou semi-esclerais. Apesar de um maior desconforto inicial, na realidade estas lentes são menos prejudiciais para o olho. Sendo menores, não cobrem uma zona importante do olho com responsabilidade de produção de células oculares. Além disso, permitem uma boa lubrificação e uma boa oxigenação da córnea. Este tipo de lentes hoje em dia tem uma utilização muito menor do que as gelatinosas, tendo uma função corretiva e terapêutica, sendo ideais para correção da visão em pessoas que sofram de ceratocone.

Lentes de contato híbridas

Este tipo de lentes, como o próprio nome indica, irá combinar características das lentes gelatinosas e rígidas. Assim, normalmente a zona central é rígida, enquanto que a zona periférica será gelatinosa. Estas lentes são indicadas para a pós-cirurgia refractiva ou para pacientes com ceratocone.

Complicações

A oxigenação da córnea é realizada através da difusão do oxigénio através do epitélio corneano e das lágrimas. A lente de contato, sendo uma barreira física, irá dificultar essa oxigenação. Apesar de as lentes de contacto atuais serem cada vez mais permeáveis, na realidade são ainda assim uma barreira. A oxigenação deficiente irá levar à morte de algumas células da córnea, que não têm capacidade regenerativa.

Além disso, a superfície da córnea perde capacidade de funcionamento, e que leva a complicações. Outras complicações estão relacionadas com a acumulação de resíduos, que origina alergias oculares, e ainda, a ocorrência de úlceras de córnea infecciosas, devido à invasão e proliferação de agentes infecciosos. De seguida, deixamos o quadro completo de complicações possíveis derivado do uso de lentes de contato.

Leia Também  Degeneração macular - Tratamento, Sintomas, Causas e Exames de Diagnóstico

– Conjuntiva (conjuntivite papilar gigante, ceratoconjuntivite límbica superior, e dermatite de contato);
– Pálpebra (ptose);
– Epitélio da córnea (erosão da córnea, abrasão da córnea, hipoxia, úlcera da córnea);
– Estroma da córnea (infeções e ceratites provocadas por protozoários, bactérias ou fungos, ceratocone ou olhos vermelhos).

Principais cuidados a ter no uso

Como deve ter percebido no ponto anterior, podem surgir diversas complicações derivadas do seu uso e do cuidado de limpeza e desinfeção. De seguida apresentamos um conjunto de cuidados que deverá ter ao usar estas lentes, de forma a minimizar ao máximo as possibilidades de alguma complicação surgir.

– Limpe cuidadosamente as mãos antes de mexer nas lentes de contato. Se o fizer com as mãos sujas, duas coisas podem acontecer: colocar as lentes com resíduos nos olhos, ou então, danificar a lente.

– Deve lavar as lentes com produtos adequados e específicos para lentes de contacto. Água ou qualquer outro líquido não indicado poderá danificar e provocar alguma lesão no seu olho.

– Ao aplicar maquilhagem, retire as lentes.

– Se manusear as lentes de contacto sobre o lavatório, tenha o cuidado de tapar o ralo. É muito frequente perder lentes de contato dessa maneira.

– Não mexa nas lentes com objetos cortantes ou pontiagudos, de forma a evitar que se danifiquem.

– Certifique-se que o estojo onde guarda as lentes está sempre limpo.

– Se tomar banho com as lentes colocadas, feche os olhos quando estiver a lavar o cabelo, de forma a não permitir o contacto das lentes com produtos de banho.

– Siga sempre as instruções que o médico lhe deu relativamente ao uso das lentes de contato. O tempo de utilização é muito importante, já que a partir de uma dada altura, a lente perde as suas características, e pode lesionar o seu olho. Por isso, cumpra rigorosamente as instruções quando a tempo de uso das lentes.

loading...

12. Outubro 2013 by admin

Um Comentário no Forum

  1. Gostaria de saber, se existe alguma lente terapeutica que pode ser usada por mais de 4 meses sem ser removida para dormir ou para higienização?
    Meu pai realizou uma cirurgia de catarata e usou uma lente terapeutica por 4 meses sem conhecimento. Estou desconfiada que o médico dele foi imprudente em não avisar/orientar sobre o uso. Também gostaria de saber dos riscos que ele sofre devido a mal uso/não higienização por esse periodo.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Required fields are marked *