Peeling Facial

O peeling facial é um tratamento de beleza extremamente popular, principalmente nas mulheres, realizado por especialistas, que utilizam ácidos e outros cremes manipulados para atingir os fins que estas procuram.

Em termos práticos, o peeling serve essencialmente para trabalhar nas várias camadas da pele, sejam as mais superficiais ou mais profundas, dependendo da necessidade de cada pessoa, eliminando células mortas, ajudando assim na apresentação de uma pele saudável e bonita.

A nossa pele é capaz de se reproduzir naturalmente, por isso quando as células mortas são retiradas, esta é regenerada e apresenta um aspecto novo, com muito melhor aspecto e geralmente eliminando uma grande parte dos possíveis problemas que pudessem surgir.

Esta eliminação das células, geralmente denominada de descamação superficial, deverá ser feita através de mecanismos biológicos e sempre com os conhecimentos necessários para não causar problemas secundários ou repercussões futuras para as novas células.

Com o peeling facial, os pacientes têm um sem número de vantagens e consequências para a sua pele, nomeadamente no aumento da espessura da epiderme, na diminuição da quantidade de melanina depositada sobre a mesma, no aumento da produção de fibras colágenas e até na irrigação sanguínea, entre outras alterações profundas que visam essencialmente a saúde da pele em questão.

Tipos de Peeling Facial

Como em qualquer tratamento de beleza, existem várias técnicas, cada uma delas com as suas características, apresentando resultados e condições distintas, adaptando-se às necessidades da pessoa e da sua pele.

Leia Também  Cirurgia Plástica no Umbigo - O Caminho para a barriga perfeita

Actualmente, com a evolução das técnicas e até da tecnologia, existem três opções para os pacientes que necessitam de um peeling facial. Assim, neste momento o peeling facial poderá ser químico, usando substâncias químicas para o tratamento, mecânico, usando tecnologia e aparelhos para a eliminação das células e ainda físico, usando o sistema de laser.

Apesar de todos eles terem as suas características, o processo químico é o mais utilizado, sendo também que é aquele que apresenta os melhores resultados, todavia é o que tem também as mais importantes condicionantes.

Nestes casos, a pele do paciente deve ser preparada com 1 mês de antecedência para o tratamento, usando produtos aconselhados pelos especialistas, com o principal objectivo de obter o melhor resultado possível, diminuindo os efeitos secundários.

O principal objectivo da técnica química é utilizar substâncias que libertem as células existentes nas camadas superiores da pele, com a finalidade de rejuvenescer esta, melhorando a textura e cor, já para não falar das rugas que diminuem significativamente.

Existem actualmente vários tipos de peelings químicos, recorrendo a técnicas e substâncias distintas, porém é da responsabilidade do paciente recorrer a especialistas informados para escolher qual o método mais eficaz e indicado para a situação em questão.

Profundidade do Peeling Facial

Alem do tipo de tratamento, os pacientes devem também conhecer o tipo de profundidade possível para a realização do peeling facial. A profundidade está ligada à camada a tratar, sendo que é um dos primeiros passos a dar antes de iniciar o tratamento, onde o profissional analisa pormenorizadamente a pele do paciente, preparando a mesma para realização do tratamento.

Dependendo dos objectivos do paciente e do tipo de pele que este apresenta, no momento antes do peeling, o profissional poderá realizar um tratamento dentro dos seguintes parâmetros:

Leia Também  Calvície (Queda de cabelo) – Causas, Tratamento (Medicamentos e Implantes)

Peeling Facial Superficial

Este tipo de tratamento é indicado apenas para a remoção de manchas superficiais, tratamento de poros demasiado dilatados ou sardas. Geralmente este é também o tipo de peeling facial para os pacientes que têm pele sem brilho, seca ou cansada, pois com a remoção da camada superior de células mortas, o rejuvenescimento é bastante notório.

Peeling Facial Médio

Geralmente este tratamento é indicado por especialistas para os especialistas que apresentem no seu rosto marcas de envelhecimento da pele pelo sol, manchas ou marcas de grande profundidade, cicatrizes oriundas da existência de acne ou mesmo rugas finas.

Peeling Facial Profundo

Como o próprio nome indica, é aquele que apresenta a maior profundidade no que diz respeito às camadas afectadas, sendo por isso o mais indicado para os pacientes com pele demasiado envelhecida, tendo em consideração a sua idade, com a presença de manchas, cicatrizes ou rugas.

Apesar de ser da responsabilidade do paciente escolher o melhor tratamento possível, é também indicado pelos especialistas as indicações, condições e até efeitos secundários de cada uma das opções que os pacientes têm, levando-os assim a decidir em consciência.

Cuidados a ter com o peeling facial

Qualquer tratamento de beleza necessidade de cuidados específicos para a sua realização, seja antes da sua realização ou depois, contudo a falta destes cuidados podem resultar em efeitos secundários extremamente intensos e com consequências demasiado negativas para o paciente.

No que diz respeito aos cuidados a ter antes da realização do tratamento, estes dependem exclusivamente do tipo de técnica usada e da profundidade do mesmo, sendo que o especialista responsável pelo mesmo, indicará ao paciente todos os passos a dar.

Leia Também  Como tirar cicatrizes - Laser Co2 Fracionado e Crioterapia

Geralmente os cuidados iniciam-se 1 mês antes do tratamento, com a limpeza geral da pele e a eliminação de qualquer substância química na mesma, para que quando o tratamento seja iniciado não haja complicações e combinações de químicos com efeitos secundários.

Por outro lado, os cuidados pós peeling facial são também essenciais, para que os resultados obtidos sejam o mais propícios possível. Inicialmente o paciente deve manter a sua pele hidratada o mais possível, usando produtos que ajudem a regenerar a pele.

Devem usar sempre água tépida, para acalmar a pele, evitando ao máximo o uso de outras substâncias químicas, nomeadamente os ácidos, pelo menos durante uma semana, pois a sensibilidade da pele estará muito maior e o procedimento poderá ser bastante complicado.

A protecção solar é outro factor extremamente importante, usando o factor 30 diariamente, para proteger a pele da radiação e até mesmo das mudanças bruscas de temperatura. Após a primeira semana de cuidados, depois do peeling realizado, poderá ser necessário recorrer a um peeling facial localizado, denominado de retoque, para tratamento de cicatrizes ou manchas que possam ter passado.

Depois da normalização da pele, sendo aconselhado sempre a consulta médica, o paciente deverá instituir um tratamento diário de prevenção, para manter a sua pele saudável e o mais bonita possível.

Fotos antes e depois

Foto de Peeling Facial Quimico Antes e Depois

 

loading...

18. Setembro 2014 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Required fields are marked *