Proteção e Cuidado Diário da Pele

A pele é o órgão do corpo mais vulnerável e mais exposto às agressões externas. O frio, o vento, o sol, a poluição e outros fatores deixam a pele mais sensível e mais vulnerável ao aparecimento de acne, de pontos negros, de lesões cutâneas, de manchas e de cicatrizes.

Proteção e Cuidado Diário da Pele

A proteção e o cuidado diário da pele são, por isso, obrigatórios seja qual for o tipo de pele. Aliás, cada tipo de pele exige um tratamento diferente, excepto as peles normais que precisam, apenas, de ser limpas e hidratadas para manterem o seu aspeto jovial e saudável. Peles oleosas, secas e sensíveis requerem um tratamento especial individualmente.

Proteção e Cuidado Diário da Pele

Para cuidar, com sucesso, da sua pele, estabeleça rotinas de beleza e tenha como prioridade o seu aspeto e a sua saúde. Um dos problemas mais recorrentes que pode ser tratados ao estabelecer uma rotina de beleza é a secura da pele do rosto. As agressões do sol e do frio fazem com que a pele perca rapidamente a sua hidratação natural. As células mortas acumulam-se na pele, o que não permite que exista uma renovação celular, uma maior elasticidade e um aspecto maior natural. Neste caso, proteger a pele passa por aplicar uma máscara hidratante, que penetre em profundidade na pele e que a deixe hidratada e macia.

As manchas provocadas pelas radiações solares são outros dos problemas que podem ser prevenidos através da aplicação de filtros e protetores solares. Estes criam uma barreira contra a luz ultravioleta do sol, que se torna maléfica para a pele e pode provocar cancro. Os protetores solares devem ser usados todos os dias, em todas as estações do ano. Não apanhamos raios solares apenas quando estamos na praia. A esfoliação torna-se também uma boa aliada nestes casos de insolação. Descolora a pele manchada e remove as células da pele que estão mortas.

Quando a pele está irritada, mais sensível ou ferida, o ideal é aplicar um óleo ou uma pomada que hidratem a pele e que preservem a sua humidade. Normalmente, estes métodos criam uma barreira oleosa e mais gorda, ideal para cicatrizar. Em caso mais graves de ferida, como o aparecimento de úlceras na pele, aplique produtos especializados, que ajudam a prevenir a formação das feridas e a evitar que a pele se torne mais prejudicada. Existem ainda os pós, usados em caso de atrito da pele em zonas como as pernas, as axilas ou as cochas. A aplicação de pó talco, por exemplo, pode evitar a dor e o desconforto que o atrito provoca.