Remédio Caseiro para Pedras nos Rins

A pedra nos rins afeta uma grande percentagem da população, sendo que a maioria das pessoas vive durante imenso tempo com a mesma no seu organismo sem ter conhecimento, pois os sintomas são pouco frequentes e muito leves.

Foto de Pedras nos Rins (Cálculo Renal)

Quando as pedras nos rins também conhecidas como cálculo renal têm dimensões pequenas, os sinais e sintomas são praticamente nulos, o que faz com que as pessoas vivam o seu dia-a-dia normalmente, sem dificuldades e sem a necessidade de recorrer a um tratamento.

Por outro lado, quando estas pedras nos rins apresentam vários milímetros de diâmetro, além de darem sinais e sintomas extremamente evidentes, com o destaque para as dores que o paciente começa a sentir, geralmente na zona lombar, logo acima da cintura.

Assim, a maioria dos pacientes procura o seu médico de família o mais rápido possível, para que este possa fazer o diagnóstico mais correto possível, chegando assim ao tratamento indicado para o seu caso.

Além disso, existem ainda pacientes que recorrem inicialmente aos tratamentos naturais, os chamados remédios caseiros, evitando os tratamentos mais dolorosos e intensos, que podem também apresentar efeitos secundários e cuidados que estes casos não necessitam.

Tratamentos caseiros para pedra nos rins

Existem vários tipos de tratamentos caseiros para aliviar os sintomas de pedra nos rins, não sendo ainda possível o tratamento completamente eficaz do problema, principalmente se este tiver uma evolução significativa e se a pedra tiver uma dimensão muito grande, já que aí é necessário outras intervenções e procedimentos.

Existem várias opções disponíveis, sendo que o paciente deverá avaliar as suas necessidades e ainda o seu estilo de vida, pois enquanto umas opções são viáveis para uns casos, podem não surtir qualquer tipo de efeito em outros casos.

Leia Também  Insuficiência Renal Crônica

Fique a conhecer alguns dos tratamentos caseiros para a pedra nos rins.

Salsa

A salsa apresenta qualidades e características extremamente importantes para o paciente que tem pedra nos rins, já que é diurética e depurativa, rica em ferro e flavonóides, ajudando assim a aumentar a quantidade de urina, para que se torne mais acessível a eliminação da pedra nos rins.

Assim, para uso da salsa, o paciente poderá fazer um chá, com a razão de 1 chávena de água para 1 colher de salsa, fervendo a água e só depois juntando a salsa, mexendo sempre até estares bem ligados. Devem deixar repousar por cerca de 20 minutos e devem tomar uma vez por dia.

Chapéu-de-Couro

Outro chá muito conhecido para tratar a pedra nos rins é o de chapéu-de-couro, já que este apresenta propriedades diuréticas e depurativas, tal como a salsa, ajudando assim no bom funcionamento dos rins e bexiga, para a eliminação da pedra nos rins.

Assim, devem colocar 1 grama de folhas de chapéu-de-couro secas, para uma panela de água, deixando ferver por 10 minutos, podendo ser bebido ainda quente. O paciente pode beber o chá três vezes ao dia, mas não o deve fazer em exagero, pois podem sofrer com os efeitos secundários da erva e com isso o tratamento fica condicionado e pode até piorar o problema.

Boldo

Esta planta medicinal é também conhecida como boldo-do-chile, boldo-afragans ou boldo-verdadeiro, sendo usado na maioria das vezes para o tratamento de doenças relacionadas com o fígado.

Para a pedra nos rins, o paciente deverá fazer um chá, englobando não só esta planta, como outras bastante conhecidas para a maioria das pessoas. Assim, deverá o paciente deverá ferver uma chávena de água, juntando a 1 colher de folhas de boldo, 1 colher de folhas de alecrim e 1 colher de flores de camomila, deixando repousar por cerca de 20 minutos, coando a mistura depois e podendo tomar entre 4 a 5 vezes por dia.

Leia Também  Poliúria e Polidipsia - Tratamento, Sintomas e Diagnóstico

Neste chá, o paciente vai encontrar vários tipos de propriedades, pois enquanto o boldo tem propriedades diuréticas, já o alecrim tem características anti-infamatórias e a camomila tem propriedades calmantes, ajudando assim, quando combinadas, a remover a pedra nos rins.

Amoreira Negra

Planta medicinal também conhecida como amoreira-do-bicho-da-seda ou apenas amoreira-preta, é muito usada para o tratamento caseiro de diabetes, pedra nos rins e até para limpar por completo a bexiga, quando necessário. Entre as suas principais propriedades, desta-se o facto de ser diurética, ajudando assim na eliminação de pedra nos rins.

Neste caso, o paciente deverá juntar 15 gramas de folhas de amoreira negra a 1 litro de água. A água deverá ser fervida, sendo que depois devem juntar as folhas da planta, deixando repousar por cerca de 15 minutos, coando e podendo beber o chá 4 vezes por dia.

Melancia

Um fruto tão comum na nossa dieta, poucas pessoas conhecem as suas propriedades e características. No entanto, a melancia é extremamente diurética, pois a sua composição tem uma grande percentagem de água, ajuda a estimular a frequência urinária, ajudando assim na eliminação da pedra nos rins.

Neste caso em particular, o paciente deverá fazer um sumo de fruta, em vez dos normais chás para os tratamentos caseiros, sendo que deve juntar 2 chávenas da fruta, partida aos bocados e sem caroços, a meia chávena de água. Usando o liquidificador, misturar tudo o melhor possível, podendo adicionar açúcar em caso de necessidade.

O paciente pode beber um copo do sumo a cada 3 horas do dia, o que significa que ao todo pode beber 8 copos de sumo a cada 24 horas.

Abacate

Não o fruto em si, porém as folhas da planta são excelentes para o tratamento caseiro da pedra nos rins. O paciente deverá fazer um chá, bebendo o mesmo todos os dias em jejum, porém não devem ingerir em grandes quantidades, pois os efeitos secundários podem trazer problemas para outros órgãos.

Leia Também  Cisto Renal - Tratamento, Sintomas, Causas e Classificação de Bosniak

Maça

Ao contrário do que se possa pensar, a maça é um excelente fruto para quem tem problemas de rins.

O paciente deverá fazer sumo natural, à razão de 2 chávenas de fruta para 1 de água, usando o liquidificador e bebendo ao longo do dia. Porém, uma quantidade exagerada poderá dar problemas de intestinos.

Cuidados diários para o tratamento da pedra nos rins

Além de todos os remédios caseiros, o paciente deverá ainda ter alguns cuidados específicos no seu dia-a-dia. A maioria destes cuidados não servem apenas para a eliminação da pedra nos rins, mas sim para o bom funcionamento de todo o organismo, em particular os órgãos vitais do mesmo.

Assim, entre os cuidados mais importantes, destaca-se:

– consumir uma quantidade menor de carnes vermelhas, pois estas têm uma grande quantidade de proteína animal, aumentando a acidez da urina, ajudando na eliminação de quantidades de cálcio em exagero através da urina, o que favorece a eliminação dos cristais;

– controlar ao máximo a quantidade de sal consumido durante as refeições diárias;

– incluir na sua dieta diária algumas frutas citrinas, como a laranja, o limão e a acerola, mas não em exagero, pois estas dificultam a união das partículas que formam os cálculos e por isso é menos provável que a pedra nos rins venha a ganhar dimensões elevadas;

– ingerir alimentos ricos em fibras, para que a absorção do cálcio seja feita da forma adequada pelo organismo, evitando assim que este se acumule nos rins e dificulte o seu funcionamento.

– a pratica do exercício físico é igualmente importante, para todo o seu organismo, sendo que é apenas necessário uma caminhada de 30 minutos por dia.

loading...

17. Julho 2014 by admin

Comentários no Forum (2)

  1. gostaria de saber se o pó do cominho pode ser feito ochá e a quantidade de pó.

  2. EU SOU OPERADA DE CÁLCULO RENAL .JA FAZ 18 ANOS . GEROU NOVAMENDE OUTRAS PEDRAS .

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Required fields are marked *