Artrite (Remédios Naturais, Vitaminas e Plantas Medicinais não Comprovadas)

Tal como muitas pessoas com doenças crónicas, também os indivíduos que sofrem de artrite crônica são potencialmente vulneráveis a serem enganados por pessoas que vendem tratamentos “milagrosos”, com campanhas de marketing bastante agressivas.

Estes tratamentos de “solução rápida” são promovidos como tendo grandes benefícios, mas na realidade, não existem quaisquer provas para essas reivindicações.

O curandeirismo e o charlatanismo (negócios que promovem remédios não comprovados) são reconhecidos como indústrias bilionárias. A medicina tradicional deixa o alerta para as pessoas terem alguns cuidados quando os produtos são promovidos como “Remédio Natural”, “não tem efeitos secundários”, “nova e revolucionária descoberta científica”.

Até hoje, os seguintes suplementos, plantas medicinais usadas em remédios caseiros e outras substâncias, procedimentos e exames incluídos na seguinte lista não têm qualquer prova científica de que trazem benefícios a quem sofre de artrite:

  • Alfafa
  • Aloé vera
  • Aminoácidos
  • Veneno de formiga
  • Arnica
  • Ácido ascórbico
  • Chás da casca
  • Pólen de abelha
  • Biotina
  • Limpeza intestinal
  • Ervas chinesas, como por exemplo Chuifong toukuwan (potencialmente perigosos)
  • Canela
  • Enemas de barro
  • Clemantis
  • Cravo-da-índia
  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Coenzima Q-10
  • Enemas de café
  • Sémen coicis
  • Lavagem do cólon
  • Pulseiras de cobre
  • Teste citotóxico
  • Garra do Diabo
  • Dismutase (enzima superóxido dismutase)
  • Dieta Dong
  • Dietas de eliminação
  • Matricária
  • Dieta “Fit for Life”
  • Fo-ti
  • Alho
  • Germânio
  • Ginseng
  • Mexilhão de lábios verdes
  • Análise do cabelo
  • Homeopatia
  • Peróxido de hidrogénio
  • Algas (kelp)
  • Lapachol
  • Dieta macrobiótica
  • Ma-huang
  • Terapia mega vitaminas
  • Alimentos naturais e orgânicos
  • Erva-moura
  • Legumes
  • Ozono
  • Vitamina P
  • PABA
  • Panax
  • Pau d’arco
  • Pó de formiga
  • Própolis
  • Geleia real
  • Leite cru
  • Rhus toxicodendron
  • Rosa Mosqueta (Rose Hip)
  • Rutina
  • Sassafrás
  • Selénio
  • Cartilagem de tubarão
  • Veneno de cobra
  • Baioneta espanhola
  • Mosca espanhola
  • Stephania
  • Tang-Kuei
  • Chás (alfafa, matricária, ginseng, sassafrás)
  • Tiamina
  • Dietas vegetarianas
  • Cinzas vulcânicas
  • Enema de água
  • Aranha da madeira
  • Iúca
  • Dieta “Zen macrobiótica”
  • Zinco

berinjela