Riscos e Complicações de um Abscesso Dentário

Com um tratamento odontológico adequado, o abscesso dentário geralmente é facilmente curado. No entanto, em casos raros, podem ocorrer diversas complicações que se podem tornar graves. A maioria das complicações surgem devido à propagação da infecção das bactérias quando o abscesso é deixado muito tempo sem tratamento. Algumas possíveis complicações são descritas abaixo.

Cisto Dentário

Se o abscesso dentário não for tratado atempadamente, pode acabar por se desenvolver uma cavidade cheia de fluidos na parte inferior da raiz do dente. A isto chama-se quisto ou cisto dentário. Se o cisto ficar infetado, pode ser necessário o tratamento com antibióticos. O cisto dentário pode ser removido cirurgicamente com o uso de anestesia local (em que a área afetada é anestesiada para conforto do paciente).

Osteomielite

A osteomielite é uma infecção no osso. É causada pela bactéria que se encontra presente no abcesso dentário e que se espalha através da corrente sanguínea. A osteomielite pode causar vários sintomas como:

  • Febre;
  • Náuseas (enjoo);
  • Dores no osso afetado.

No entanto, como a infecção é transmitida através do sangue, é possível que possa afetar qualquer osso do nosso corpo. A osteomielite pode ser tratada com a toma de antibióticos orais ou por injeção nas veias.

Sinusite

A sinusite é uma infecção das pequenas cavidades que estão cheias de ar dentro do nosso crânio. Costumam ser as cavidades localizadas atrás das maçãs do rosto as que podem ser infectadas como uma complicação de um abscesso dentário. Estes são conhecidos como seios maxilares. Os sintomas da sinusite incluem:

  • Nariz entupido ou corrimento nasal;
  • Dor e dormência facial;
  • Uma temperatura elevada de 38 ° C (100,4 ° F) ou superior.

A sinusite muitas vezes desaparece sem tratamento, mas, se necessário, podem ser prescritos antibióticos.