Tratamento para Gastroenterite

A maioria dos casos de gastroenterite não necessitam de tratamento e os sintomas melhoram após alguns dias. Apenas em casos graves pode ser necessária medicação. Leia abaixo alguma informação sobre os autocuidados a ter e alguns dos medicamentos disponíveis para tratar a gastronterite.

Autocuidados

Se está com gastroenterite, é importante restabelecer os fluidos que o seu corpo perdeu durante o vómito e diarreia. Beba pelo menos 2 litros de água por dia, além de 200ml após cada episódio de diarreia.

Também é comum recomendar-se a terapia oral de reidratação com sais (TRO) a pessoas mais vulneráveis aos efeitos da desidratação, como os idosos e aqueles com doenças já existentes.

Os sais para reidratação oral encontram-se disponíveis em saquetas á venda em farmácias. Basta dissolver em água e beber, estes irão restabelecer os níveis de sal, glucose e outros minerais importantes perdidos pelo corpo durante a desidratação. Alguns tipos de sais de reidratação oral não são adequados a quem tem problemas ou doenças renais. Fale com o farmacêutico ou médico de família para mais informação sobre este assunto.

Tente manter uma dieta normal e saudável. Evite comer alimentos ricos em gordura e açúcar pois estes podem piorar os seus sintomas. Conseguirá tolerar comidas leves e simples, como arroz ou pão integral, ao contrário de comidas picantes e complexas. Diariamente é mais aconselhável fazer seis refeições leves do que três grandes refeições.

medicamentos

Medicamentos

Só em casos de sintomas graves, é que se recorre a medicação para tratar a gastroenterite. Os medicamentos usados para tratar os sintomas de gastroenterite estão listados abaixo.

Medicação antidiarreica

A medicação antidiarreica é usada para tratar os sintomas da diarreia. A Loperamida é um antidiarreico muito usado para tratar a gastroenterite. A loperamida diminui o movimento do conteúdo dos intestinos e ajuda a aumentar a absorção de água pelos intestinos. A obstipação e as tonturas são dois efeitos secundários da loperamida, mas existem outros efeitos secundários raros como:

• cólicas
• sonolência
• irritação da pele
inchaço abdominal

A loperamida não deve ser usada em pessoas com colite (inflamação do colon) ou grávidas. No entanto pode ser usada durante a amamentação.
Não deve tomar loperamida, ou outro antidiarreico se tiver mais de 38ºC de temperatura, ou se tiver sangue ou muco nas fezes. Nestes casos a medicação pode piorar o seu estado. As Crianças com menos de 12 anos de idade não devem tomar antidiarreicos, a não ser que seja prescrito pelo médico.

Medicação antiemética

Os antieméticos mais comuns são o stemetil (proclorperazina) e a metoclopramida (pode ser administrada via intramuscular ou oral). A metoclopramida ajuda os músculos a relaxar durante o vómito, e ao mesmo tempo aceleram a absorção de fluidos e comidas presentes no sistema digestivo.

Antibióticos

Normalmente não são usados antibióticos para o tratamento de gastroenterite porque:
• a maioria das gastroenterites é provocada por vírus;
• mesmo que a gastroenterite seja bacteriana, algumas investigações mostraram que os antibióticos não são mais eficazes do que esperar que os sintomas passem, além de poderem ter efeitos secundários desagradáveis;
• sempre que se usam antibióticos para tratar problemas leves, estes tornam-se menos eficazes no tratamento de problemas graves (quando são realmente necessários).

No entanto os antibióticos podem ser prescritos se o paciente tiver uma gastroenterite grave e uma bactéria específica identificada como sendo a causa. Os antibióticos são também recomendados se existir um fator de risco que nos torne mais vulneráveis à infecção, como um sistema imunitário enfraquecido.

Efeitos secundários do uso de antibióticos no tratamento de gastroenterite:

• náuseas
• vómitos
• diarreia
dores de estômago
• irritação na pele

Tratamento hospitalar

As pessoas com uma desidratação severa devido a gastroenterite podem ter de receber tratamento hospitalar. A admissão hospitalar é recomendada quando:

• existem episódios repetitivos de vómito, e não conseguir não conseguir aguentar a ingestão de líquidos
• se tiver sintomas que sugerem desidratação severa, como não conseguir urinar

O tratamento hospitalar envolve a administração de líquidos e nutrientes por via endovenosa (diretamente na veia).

Links úteis: Gastroenterite » Causas » Sintomas » Como Prevenir

29. Outubro 2013 by admin
Categories: Doenças bacterianas, Doenças do sistema digestivo, Doenças infecciosas, Doenças virais, Intoxicações alimentares, Tratamentos de Doenças | Leave a comment

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Required fields are marked *