Certamente que já se se deparou com alguns problemas de estômago, como dores, diminuição súbita do apetite, sensação de barriga inchada, entre outros. Contudo, tendo em conta que este tipo de sintomas pode por ser por vezes repetitivo, nem sempre dá a devida atenção a este problema, pois o que parece ser uma simples dor de estômago, pode vir a tornar-se num problema grave, como é o caso do aparecimento de úlceras.

As úlceras pépticas são caracterizadas como pequenas feridas que se desenvolvem normalmente no duodeno ou no estômago, sendo formadas devido a inflamações causadas por um ácido estomacal ou por bactérias, sendo também as mais comuns as úlceras do duodeno. Para além do ácido estomacal e das bactérias, o tabagismo e a utilização de alguns medicamentos também são outros dos principais responsáveis pelo aparecimento de úlceras, isto porque estes elementos promovem a produção de ácidos estomacais, como é o caso do ácido clorídrico, ácido responsável pelo desenvolvimento de úlceras.

Tal como fora dito anteriormente as dores de estômago são um dos principais sinais do desenvolvimento de uma úlcera, sendo deste modo possível descobrir o local da úlcera através da dor. Se tiver dores de estômago e se reparar que as dores pioram após ingerir qualquer tipo de alimento, é muito provável que sofra de uma úlcera gástrica, por sua vez se tiver dor de estômago e se essa mesma dor só passar após ingerir qualquer alimento, é muito provável que tenha uma úlcera na região do duodeno.

Para além da dor poderão estar associados às úlceras outros sintomas, como é o caso de vómitos, diminuição do apetite, sensação de barriga inchada, libertação de sangue e hemorragias.

Como pode constatar as úlceras podem por vezes tornar-se num problema muito grave quando não tratadas a tempo, isto porque se existir hemorragias e libertação de sangue poderá originar um estado anémico, logo ao deparar-se com os sintomas apresentados anteriormente, desde logo é importante que procure acompanhamento médico, de modo a poder estagnar o problema sem colocar a sua saúde em perigo. Porém e de forma a começar desde logo a tratar deste problema de uma forma eficaz, temos para si um tratamento natural e saudável, sendo este feito à base de um chá de folhas e flores de maracujá, contudo volto a salientar que o acompanhamento médico é indispensável.

Para preparar o seu chá vai necessitar de alguns ingredientes:
– Uma chávena de água a ferver;
– Uma colher(sopa) de folhas de maracujá previamente picadas;
– Duas colheres(sopa) de flores de maracujá previamente picadas;

Após conter todos os ingredientes anteriormente referidos, a preparação do seu remédio é bem simples e rápida. Para isso basta colocar as folhas e as flores de maracujá na chávena de água quente, depois tape-a e deixe repousar a infusão por 15 minutos. Findo esse tempo coe o chá e se achar necessário poderá adocica-lo.

Para utilizar esta infusão no tratamento de úlceras é recomendado que tome uma chávena da mesma três vezes ao dia, devendo esta ser tomada antes da realização das suas refeições principais.

Para além deste chá ser um excelente remédio para o tratamento da úlcera péptica, graças às suas vitaminas (Leia: Verdades e Mitos Sobre Vitaminas) este também poderá vir a ser um excelente aliado na prevenção de inúmeras doenças, uma vez que as suas propriedades fortalecem o sistema imunológico.