Tratamento para olheiras

As olheiras, são um problema que afecta cada vez mais pessoas, no entanto, engana-se se pensa que estas surgem unicamente quando não se dorme o suficiente ou quando se deita tarde num determinado dia. Ter um estilo de vida muito activo, ou até mesmo a fadiga, não são as únicas causas para o seu aparecimento, pois existem outros elementos determinantes para o seu aparecimento.

maquiagem para homens corretivo para olheiras

Mas afinal o que são olheiras?

Olheiras são as marcas que aparecem em redor dos olhos, sendo estas maioritariamente arroxeadas ou avermelhadas.

Antes de mais é fundamental frisar que esta tonalidade arroxeada e avermelhada surge derivado à diminuição da espessura do tecido que se encontra em redor dos olhos, uma vez que este ao ficar fino torna-se transparente, levando assim a que os vasos sanguíneos se tornem visíveis.

Para além da alteração da cor, devido à dilatação dos vasos sanguíneos que ocorre em redor dos olhos, dá-se também um inchaço local, derivado à saída dos glóbulos vermelhos para a derme. Para além desta possibilidade para o aparecimento das olheiras, estas também poderão aparecer devido à alta concentração de melanina (pigmento responsável por dar cor) em redor dos olhos.

Causas das olheiras

As olheiras são um problema muito difícil de tratar e eliminar, deste modo é muito importante saber as causas que andam em volta do seu aparecimento, pois só assim se consegue saber qual o melhor tratamento para as mesmas.

Dentro de todas as causas poderemos dar especial realce à hereditariedade, às alergias, eczemas, asma, anemia, gravidez, medicamentos, cansaço, Proximidade à menstruação e idade.

Para além de todas as causas apresentadas anteriormente, existem muitos outros componentes que poderão estar relacionados com o seu aparecimentos nomeadamente o sol, o consumo de álcool, o consumo de sal em excesso e o consumo de alguns medicamentos.

Hereditariedade

A hereditariedade é talvez um dos elementos mais “culpados” no que toca ao aparecimento das olheiras, logo se os nossos pais tiverem olheiras a possibilidade de virmos a ter olheiras são muito maiores

Alergias, asma e eczema

Apesar de parecer estranho, todo o contacto com os olhos que envolva coceira, pode contribuir muito para o aparecimento de olheiras, tudo isto devido à fricção que é feita sobre esse local, para além disso, as alergias também poderão ser responsáveis pelas mesmas.

Anemia

Uma alimentação incorreta pode contribuir de forma bastante negativa para o aparecimento das olheiras. Para além disso, segundo algumas pesquisas, sabe-se que o défice de ferro pode também levar ao aparecimento das mesmas.

Gravidez

Durante a fase da gravidez, a pele tem tendência a clarear, desta forma os vasos sanguíneos ficam mais visíveis, logo dá-se o aparecimento das olheiras.

Medicamentos

São muitos os medicamentos que levam a que haja uma dilatação dos vasos sanguíneos, logo se esta dilatação se der em redor dos olhos, essa zona tende a escurecer, devido ao aumento do fluxo sanguíneo.

Fadiga

Ter uma vida acelerada, pode tornar a pele pálida e sem vida, isto que de certa forma leva a que as olheiras tenham algum destaque.

Idade

Com a idade é normal que as olheiras surjam cada vez mais e se venham a tornar permanentes, ocorrendo isto essencialmente devido à perda de colagénio por parte da nossa pele, perda esta que leva a que a pele se torne mais fina e com alguma transparência.

Tipos de olheiras

Hoje em dia já existem alguns cremes, tratamentos e até mesmo algumas dicas que nos permitem prevenir, atenuar e até mesmo eliminar as olheiras. Contudo antes de lhe dar-mos a conhecer alguns dos melhores métodos e tratamentos para as olheiras, achamos conveniente dar-lhe a conhecer um pouco melhor os diferentes tipos de olheiras, pois o tratamento poderá variar dependendo do seu tipo.

Tal como já fora citado, as olheiras têm diferentes causas, e dividem-se em agudas e crônicas. Para além das olheiras serem consideradas como algo inestético, estas também podem deixar o seu olhar cansado e com uma aparência muito mais velha do que a realidade. Eis como poderemos classificar os diferentes tipos de olheiras:

Agudas

As olheiras agudas estão mais relacionadas com fatores externos que geram cansaço ou estresse ao organismo, como sono ruim, má alimentação, sobrecarga de trabalho, enfim, algo que exija mais do que seu organismo consiga suportar.

Crônicas

Este tipo de olheiras apresenta uma tonalidade acastanhada e alguma profundidade. As olheiras crônicas estão relacionadas à genética e à etnia (os espanhóis e árabes têm mais), mas também com problemas como alergias nasais, desvio de septo (que provoca má qualidade de respiração), cigarro, consumo de bebidas alcoólicas etc.

Fotos de Pessoas com Olheiras

Tratamento

Quanto ao tratamento a utilizar neste tipo de olheiras, os tratamentos com laser e os tratamentos de preenchimento com ácido hialurónico poderão ser as melhores opções, isto porque logo após a primeira sessão já é possível verificar alguns resultados.

Os mais utilizados são a Luz Pulsada; substâncias despigmentantes ou clareadoras, associadas á hidroquinona, o ácido Kógico, o ácido fítico e o arbutin; Cremes à base de vitamina C, devido ao seu efeito clareador; a carboxiterapia;  Esfoliação feita com ácido alfahidroxiácido ou ácido retinóico; Peeling químico com ácido trícloroacético, glicólico, e solução de Jessner (composto por ácido salicílico, ácido lático e resorcina); Laser C02 Fracionado, também muito eficaz para reduzir a flacidez palpebral.

Melânicas

Olheiras de tonalidade castanha, geralmente causadas pela acumulação excessiva de melanina, acumulação esta, que poderá ser desencadeada pela estimulação hormonal ou pelo excesso de sol. Os tratamentos que promovam a despigmentação conseguem atingir resultados bastante satisfatórios.

Sanguíneas

Olheiras que apresentam uma tonalidade roxa, sendo estas causadas pela acumulação de hemoglobinas. Quanto ao tratamento para este tipo de olheiras, todos os tratamentos que promovam a microcirculação, promovem bons resultados no que diz respeito ao clareamento e à suavização das olheiras sanguíneas.

Vasculares

Olheiras de cor azulada, geralmente causadas pela retenção de fluídos, tendendo assim a agravar-se com o stress, fadiga e cansaço. Em relação ao tratamento, tal como as sanguíneas, realizar tratamentos que promovam a microcirculação, é a melhor opção.

Hoje em dia existe uma grande variedade de tratamentos que nos permitem atenuar as olheiras, porém é importante frisar que nenhum destes tratamentos é 100% eficaz, só mesmo recorrendo a tratamentos cirúrgicos é que se conseguirão eliminar em toda a sua totalidade.

Como esconder as olheiras?

Se procura alternativas para esconder as suas olheiras, fique descansada, pois com simples gestos pode conseguir esse feito de forma bastante rápida, fácil e eficaz. No entanto é importante frisar que antes de utilizar qualquer produto deve saber quais os tipos de precauções a ter com o mesmo, pois existem alguns casos em que as olheiras se acentuam quando o produto não é utilizado de forma correta.

– Use corretor de olheiras do seu tom de pele;
– Se tem olheiras muito marcadas, prefira os corretores mais densos, de forma a conseguir uma melhor cobertura das mesmas;
– Se o seu tom de olheiras é muito subtil, prefira um corretor mais cremoso, pois este terá a cobertura ideal para as disfarçar de forma muito natural;
– Se é jovem e tem olheiras muito marcadas, a utilização de pó compacto poderá ser a solução;
– Se gosta de corretores práticos, o corretor em batom poderá ser a melhor opção para si, uma vez que é bastante fácil de aplicar e bastante eficaz, no que diz respeito às olheiras mais intensas.

Outros cuidados e truques para disfarçar as olheiras:

– Passe um corretivo do mesmo tom da sua pele;
– Utilize truques de maquilhagem com base e pó facial;
– Durma pelo menos oito horas por dia;
– Antes de dormir passe um creme específico para hidratação da área dos olhos, principalmente aquele que possui componentes para disfarçar as olheiras;
– Pratique exercício físico e mantenha uma alimentação saudável;
– Lave o rosto com água quente massajando a região dos olhos;
– Fuja das sombras escuras, para não destacar as olheiras ainda mais. Prefira pigmentos claros, como rosa e pêssego;
– Use só protetores solares com “testado dermatologicamente” escrito no rótulo. O FPS 30 é ideal para as pálpebras;
– Faça massagens leves com os dedos na região da pálpebra para ativar a circulação;
– Use hidratantes anti olheiras, específicos para as pálpebras. Produtos com vitamina C são os melhores;
– Beba bastante água;