Tratamentos Para Cada Tipo de Pele

Tratamentos para cada tipo de pele: Saber cuidar da pele é prolongar a juventude e a longevidade do seu aspeto. A idade pesa e apresenta-se numa pele descuidada e desvitalizada.

Se nem todos somos iguais, os tipos de pele também não o são e cada um necessita de um tipo de cuidado diferente. As cores de pele apresentam especificidades, tal como a coloração e a presença de pêlos, por exemplo. Uma pele rugosa precisa de alguns cuidados, enquanto uma pele mais sensível necessita de atenção redobrada.

Seja caseiro ou profissional, o tratamento que deve ser feito à pele é aquele que cada tipo precisa, pois só assim serão eficientes. A limpeza de pele, por exemplo, é um tratamento eficaz para todos os tipos de pele, que a mantém saudável, mas para que esta seja eficiente, os produtos utilizados devem ser especializados. As limpezas de pele podem ser feitas de forma profissional ou em casa e devem ser feitas após o banho. É nesta altura que os poros estão mais abertos e a pele se encontra mais receptiva para receber o tratamento. Pode ainda apostar nas exfoliações mensais e nas limpezas mais profundas.

Qual o meu tipo de pele

Como pode, então, saber qual é o seu tipo de pele? Basta verificar se ela corresponde às características de cada tipologia. A pele normal, por exemplo, é um dos tipos de pele que se torna cada vez mais incomum. Não existem grandes especificidades relacionadas com este tipo de pele, mas esta torna-se cada vez mais rara devido à presença do stress e da poluição. Mesmo assim, há ainda quem consiga meter esta pele aveludada, fléxivel, elástica e com uma espessura normal.

A pele oleosa caracteriza-se pela produção em excesso de óleo pelas glândulas sebáceas. A pele ganha um brilho extra e a formação de acne é muito mais fácil. Para normalizar a produção sebácea deve apostar em produtos que sequem e fechem os poros. Evite usar maquilhagens demasiados espessas e passar demasiado tempo ao sol.

Quando as glândulas sebáceas produzem pouco sebo, a pele torna-se o oposto da pele oleosa. Fica seca, áspera e agressiva. Quando a pele se torna desta forma, o programa de tratamento deve ser hidratante e nutritido. A falta de água na pele envelhece-a mais rapidamente, torna-a mais flácida e as rugas apresentam-se mais rapidamente.

A pele sensível é, de todos os tipos de pele, o mais complicado de cuidar. Ao contactar com alguma substância ou ao apresentar alguma alergia, este tipo de pele produz menos suar, ganha vermelhidão e muitas vezes, infecções. O cuidado com os produtos cosméticos também deve ser redobrado. A pele não lida bem com o contacto com determinados produtos e irrita-se facilmente. Deve ainda abusar do uso do protetor solar, com fator máximo, para evitar possíveis queimaduras solares.